Onde ficar em Bogotá, conheça os 4 melhores bairros Bogotá / Colômbia

Escolher onde ficar em Bogotá não tem muito mistério. Há uma grande variedade de hotéis e bairros na cidade, mas não vale a pena ficar em qualquer lugar.

Bogotá é uma cidade muito grande, com cerca de 7 milhões de habitantes. Por isso, possui muitos bairros e em grande parte deles há hotéis. Entretanto, muito cuidado na hora de escolher onde ficar, as grandes cidades da Colômbia possuem regiões bastante perigosas, que um turista deve tomar cuidado antes de se aventurar.

Para te ajudar na sua escolha, selecionei os quatro melhores bairros de Bogotá para você escolher onde ficar. Cada um dos bairros possui um estilo e agrada um tipo diferente de público. Veja abaixo qual combina mais com você!

Leia também: Os 8 principais pontos turísticos de Bogotá 

La Candelária

La Candelária é o nome do Centro Histórico de Bogotá, onde localizam-se a maior parte das atrações turísticas e os hotéis econômicos. A região é bem cheia e movimentada durante o dia, mas a noite fica mais deserta, principalmente, próximo a Plaza Bolívar.

Uma região que mesmo durante a noite é movimentada e tem fluxo de pessoas é a Avenida Jiménez de Quesada. Nessa avenida existem várias lojas e restaurantes, os passeios são largos e há fluxo de pessoas mesmo a noite. Alguns hotéis localizados nessa região são: Hotel Continental Bluedoors Hotel Boutique Avenida Jiménez,  Hotel Augusta.

Um outro lugar que fica bem cheio a noite durante a semana é a Calle 12f, que fica próxima a universidades. Essa é a região onde localizam-se os hostels. Algumas opções nesse local são: Chocolate Hostel,  Iku hostel Backpackers Bogota,  Villa Candelaria Hostel,  Arche Noah Guesthouse. Essa é uma boa região para quem quer economizar e ainda ficar próximo a vários bares. Os bares são simples, baratos e frequentados majoritariamente por universitários. Os hostels ficam a uma distância em que o barulho não atrapalha, mas é muito perto para ir caminhando.

O centro também possui duas opções mais sofisticadas que são: The Orchids Hotel  e  Hotel De La Opera, apesar de não serem opções de luxo, são opções confortáveis, bem melhores que as demais.

O bairro da Candelária é para quem quer ficar próximo aos pontos turísticos, podendo visitar a maioria deles a pé. Como é o centro da cidade, a região é cheia e movimentada, possui muitas opções de lojas e restaurantes, porém não possui um clima tão agradável como os demais bairros listados. É possível encontrar hotéis e hostels com ótimos preços nessa região, mas vale lembrar que a noite muitas ruas ficam desertas, o que lhe obrigará a usar táxi.

Veja todos os hotéis da Candelária clicando aqui.

Zona G – Foto: Marcelo Soto (CC BY-NC-ND 2.0)

Chapinero

Chapinero é o bairro que possui mais ofertas de hotéis em Bogotá. O bairro localiza-se a 10 km ao norte de La Candelária, por isso é considerada uma região próxima ao centro. O local também é o preferido dos universitários que estudam no centro, concentrando muitas moradias de estudantes, até por isso tem fama de ser um bairro boêmio. Contudo, não só de bares vive o bairro, ele também tem uma forte vida cultural, com vários teatros. Mas, o que existe de mais famoso no Chapinero é a Zona G, uma região onde se concentram vários restaurantes bons e muito bem avaliados, mas também caros. Essa é a principal região gastronômica da cidade ao lado da Zona Rosa. A Zona G possui hotéis 5 e 4 estrelas requintados e caros: Four Seasons Hotel Casa Medina Embassy Suites by Hilton  e  The Artisan D.C. Hotel, mas também hotéis boutique: Hotel Boutique Casa Gaitan Cortes,  Hotel Rosales Plaza,  Hotel Boutique Zona G,  Hotel Emaus Bogotá.

A parte alta do bairro, entre a Calle 45 e 65, é chamada de Chapinero Alto e é ponto de encontro da comunidade gay.

O Chapinero possui um ambiente melhor do que o do centro e um pouco mais seguro a noite, apesar de existirem muitas ruas que não são convenientes para andar a noite.

Veja todos os hotéis do Chapinero clicando aqui.

Zona G de Bogotá região de restaurantes

Zona G – Foto: Edgar Zuniga Jr. (CC BY 2.0)

Zona Rosa

A Zona Rosa, também conhecida como Zona T, localiza-se entre os bairros Chapinero e Chicó, mais próxima deste último. A Zona Rosa está um pouco mais longe do centro, a cerca de 17 km de distância. Essa é a região que concentra bares, boates e várias lojas, muitas de grifes. A região é muito animada e tem uma vida noturna intensa, por isso é o local ideal para quem quer aproveitar a noite.

A Zona Rosa não chega a ser um bairro, mas uma pequena região, até por isso não possui tantas opções de hospedagens como os outros bairros e seus preços são mais altos. Entretanto, você pode encontrar hotéis com bons preços como: Hotel Excelsior,  Hotel Bogota Virrey,  Hotel Saint Simon,  NH Royal La Boheme, já se estiver buscando sofisticação a dica são Four Seasons Hotel,  Sofitel Bogota Victoria Regia  e  NH Collection Royal Andino.

Com relação à segurança, o bairro é um pouco mais seguro que o Chapinero, já que a noite existe mais movimentação nas ruas.

Veja todos os hotéis da Zona Rosa clicando aqui.

Bares e restaurantes da zona rosa de bogotá

Zona Rosa – Foto: cfrincon (CC BY-NC 2.0)

Chicó

O Bairro Chicó fica muito próximo a Zona Rosa, a menos de 1 km. Entretanto, existe uma parte do bairro chamada Chicó Norte que fica um pouco mais distante. Esse é um bairro mais requintado da cidade, possui um clima agradável e é uma das regiões mais seguras de Bogotá. Apesar do bairro ser de classe alta, não possui hotéis tão sofisticados como na Zona G e na Zona Rosa.

Outra atração do bairro é o charmoso Parque de la 93. Essa é a melhor região do bairro para muitos e os hotéis nessa parte são: Atton Bogotá 93,  Best Western 93 Park Hotel,  93 Luxury Suites & Residences,  Hotel BH Parque 93  e  Hotel Breton Hill.

Chicó também possui boa oferta de restaurantes, mas não tão badalados quanto os do Chapinero e da Zona Rosa.

Com relação a preços, é semelhante a Zona Rosa, porém possui grande oferta de hotéis.

Veja todos os hotéis de Chicó clicando aqui.

Bairro de Chicó em Bogotá

Chicó – Foto: Juan Felipe Rubio (CC BY-NC 2.0)

Leia nossas outras matérias sobre a Colômbia:

-Como se deslocar em Bogotá: BRT, táxi, Uber e bike

-Conheça os melhores hotéis em San Andrés, Colômbia

-Cartagena, onde se hospedar no Centro Histórico?

-Onde ficar em Medellín: Poblado e outras opções

Foto de capa de: Oisin Prendiville (CC BY-SA 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.