Início Guatemala Antigua Antigua Guatemala, a Ouro Preto da América Central

Antigua Guatemala, a Ouro Preto da América Central

Antigua é a cidade mais turísticas da Guatemala e parada obrigatória para quem visita o país. O clima interiorano e histórico da cidade cativa os turistas e deu fama a essa interessante cidade histórica.

História

La Antigua Guatemala foi fundada em 1543 e com um nome que mais parecia uma frase: Muito Nobre e Muito Leal Cidade de Santiago dos Cavaleiros da Guatemala. Depois de um tempo, percebeu-se que era um nome muito grande e reduziram para Santiago dos Cavaleiros da Guatemala.

Desde sua fundação até o ano de 1776, a cidade era a capital da colônia espanhola Capitania Geral da Guatemala. Em 1776 a capital foi transferida para a Cidade da Guatemala, que é até hoje a capital do país. Nessa época, a cidade passou a ser chamada de Antigua Ciudad (Antiga Cidade) e o apelido pegou!

Antigua está localizada em uma região de abalos sísmicos, por isso ela já passou por vários terremotos que destruíram a cidade. As principais construções que se observam hoje no centro histórico são do século XVIII, período semelhante à fundação de Ouro Preto.

Entretanto, diferente de Ouro Preto, as construções não são altas. Em Ouro Preto há muitos prédios históricos de três e até de quatro andares. Já em Antigua a maioria das construções são de um ou dois andares. Além disso, podemos destacar outra diferença, que é referente ao estilo arquitetônico: português x espanhol.

Rua do centro histórico
Rua do centro histórico de Antigua, com suas casas coloridas

Turismo em Antigua e na Guatemala

O turismo na cidade começou a crescer em 1979, quando a Unesco declarou Antigua como Patrimônio da Humanidade, um ano antes de Ouro Preto. A arquitetura barroca foi bem preservada e hoje seu centro histórico é bonito e bem cuidado!

Posso dizer que a cidade possui vocação para o turismo, além de ser bonita, segura e agradável, possui vários hotéis e restaurantes, alguns inclusive de alto nível. Apesar do turismo, a cidade se manteve pequena; possui 43 mil habitantes, as ruas do centro histórico são de pedra e não há grande trânsito de veículos.

Apesar da arquitetura interessante, existe um elemento que pode chamar mais atenção do que os prédios históricos da cidade! Há um grande vulcão, que pode ser visto de qualquer local da cidade. Mesmo o Vulcão Agua estando inativo, ele ajuda a emoldurar a paisagem da cidade.

Antigua é o principal destino do turismo da Guatemala, em 2018, recebeu 760 mil visitantes segundo o Instituto Guatemalteco de Turismo, INGUAT. O mesmo instituto fez uma pesquisa, que mostra que a maioria dos turistas que visitam a cidade são dos Estados Unidos, 27%, e do país vizinho, El Salvador, 21%. E que apesar da cidade ter um clima romântico, o que agrada bastante os casais, 49% dos turistas viajam sozinhos à cidade.

antigua-guatemala
Praça central com o vulcão Agua ao fundo

Pontos Turísticos de Antigua Guatemala

A maioria dos pontos turísticos de Antigua Guatemala são construções históricas da época que a cidade era a capital da colônia espanhola da Capitania Geral da Guatemala.

Arco de Santa Catarina

Arco de Santa Catarina é o ponto turístico mais conhecido de Antigua – Foto: Pixabay

O ponto turístico mais simbólico da cidade é o Arco de Santa Catarina, ou Arco de Santa Catalina em espanhol, que fica em uma charmosa rua de trânsito exclusivo de pedestres. A rua que fica o arco é a mais movimentada entre turistas, com vários restaurantes, lojas e até galeria de arte.

Praça Central

dicas antigua guatemala
Ayuntamiento de Antigua é onde funciona a prefeitura da cidade – Foto: Wikipédia

A Praça Central, chamada de Parque Central, também conhecida como Plaza Mayor é a principal praça de Antigua. Ao redor da praça ficam importantes prédios da cidade. O Palacio del Ayuntamiento, onde funciona a prefeitura, é um dos prédios imponentes da praça e foi construído entre 1791 e 1793.

Ainda estão ao redor da praça o Palácio dos Capitães Gerais e Catedral de Santiago.

Palácio dos Capitães Gerais

roteiro guatemala antigua
Palacio de los Capitanes Generales é o mais importante da Praça Central – Foto: Wikipédia

O Palacio de los Capitanes Generales é o mais importante prédio, era a sede da Capitania Geral da Guatemala que se estendia do estado mexicano de Chiapas à Costa Rica. O prédio foi construído em 1549, mas depois de várias reformas, apenas a fachada é o que restou da construção original.

Catedral de Santiago

o que fazer em antigua guatemala
A Igreja de São José é o que restou da Catedral de Santiago – Foto: wikipédia

Outra construção muito importante que fica na Praça Central é a Catedral de Santiago. A catedral teve sua construção iniciada no século XVI, mesma época do Palácio dos Capitães Gerais. Entretanto, a catedral foi destruída em um terremoto de 1773.

No século seguinte ela foi reconstruída. Mas, não por completo. Apenas o hall de entrada foi recontruído, dando origem à Igreja de São José. A parte destruída pode ser acessada, ainda possui várias paredes em pé.

Igreja Nossa Senhora das Mercês

atrações turisticas antigua
Igreja de Nossa Senhora das Mercês

A Igreja Nossa Senhora das Mercês (Iglesia La Merced) é uma das principais igrejas da cidade. A igreja construída entre 1749 e 1767 possui uma fachada bem peculiar. Também chama atenção suas paredes muito espessas, por essa ou por outros motivos, ela é a única igreja, dentro as principais, que não desmoronou devido a terremotos.

As famosas procissões da Semana Santa, em que as ruas são enfeitadas com tapetes de serragens, saem da Igreja Nossa Senhora das Mercês.

Ao lado da igreja fica as ruínas do convento Nossa Senhora das Mercês, uma construção do século XVI, com uma bonita fonte de 27 metros de largura, considerada a maior da América Espanhola.

igrejas antigua guatemala
Fonte do Convento de de Nossa Senhora das Mercês

Outras igrejas em ruínas

Antigua possui várias outras igrejas para visitar. Com exceção da Igreja Nossa Senhora das Mercês, a maioria das demais igrejas turísticos foram destruídas por terremotos e hoje são ruínas.

A Igreja e Convento de São Francisco é outro local bastante visitado. A igreja foi construída inicialmente no século XVI, na mesma época da catedral, mas foi reconstruída e destruída por vários terremotos. Hoje a igreja se encontra reconstruída, mas o convento não. Esse também é o local onde foi enterrado Hermano Pedro de San José, um monge franciscano que fundou um hospital para pobres na cidade e se tornou o primeiro santo da Guatemala.

O Convento de São Domingos é outra grande construção do século XVI que foi destruída por um terremoto, o de 1773. Uma parte das ruínas foram transformadas no Hotel Spa Casa Santo Domingo, um dos melhores e mais tradicionais da cidade.

pontos turisticos guatemala
Ruínas da Igreja da Companhia de Jesus – Foto: Pixabay

Para fechar a lista das principais igrejas, não podemos deixar de falar da Igreja e Convento da Companhia de Jesus (Iglesia de la Compañía de Jesús). Os jesuítas foram convidados a construir uma escola em Antigua que ficou pronta no final do século XVI. A igreja só foi construída no século seguinte.

Entretanto, o Rei espanhol Carlos III expulsou os jesuítas da Hipano-América em 1767, mas foi o terremoto de 1773 que destruiu os prédios.

Mirante Cerro de la Cruz

o-que-fazer-em-antigua-guatemala
Mirante Cerro de da Cruz, ao fundo o vulcão coberto por nuvens

Fora do centro histórico, há um mirante em que é possível ver toda a cidade. O Cerro de la Cruz localiza-se próximo ao centro, é possível ir andando, não é uma subida longa. Do mirante se tem uma bela vista da cidade e do vulcão. Dei muito azar de ter ido em um dia que estava nublado.

Vulcão Pacaya

vulcão-Pacaya
Vulcão Pacaya é atração mais surpreendente de Antigua

Um dos passeios mais procurados é a visita ao Vulcão Pacaya. A Guatemala possui 37 vulcões, mas apenas três ativos. Um deles é o Pacaya, que é o mais turístico devido ao fácil acesso.

O vulcão fica a 38 km de Antigua e encontra-se dentro de um parque nacional. Para chegar até lá é preciso fazer uma caminhada de uma hora e meia. Para saber mais detalhes e nosso relato de como foi a visita leia: Subindo Pacaya: o vulcão ativo mais turístico da Guatemala.

Só é possível chegar ao Pacaya com um guia, veja o preço do tour e outras informações.

Esse passeio costuma ser bem seguro, mas é bom lembrar que é sempre bom fazer um seguro viagem. Você fica tranquilo e está coberto por qualquer problema de saúde que possa acontecer. Também recebe um auxílio por extravio de mala e uma passagem por necessidade de volta antecipada, como problema de saúde grave em você ou alguém da sua família. Faça uma cotação.

Quantos dias ficar

La Antigua Guatemala é uma cidade muito charmosa, mas sem um número grande de atrações turísticas. Com dois dias você consegue conhecer as atrações da cidade e se quiser conhecer o Vulcão Pacaya é indicado incluir mais um dia para não ficar muito corrido.

Segundo levantamento do Instituto Guatemalteco de Turismo, a média da estadia que os turistas ficam em Antigua é de 4 dias. A maioria dos turistas costumam visitar outros destinos no país e ficam, em média, 9 dias na Guatemala.

onde ficar hospedar em antigua guatemala
O Arco de Santa Catarina é o local mais fotografado, por isso foi onde escolhi fazer minha foto para o post.

Como chegar

A Guatemala não é um país tão pequeno quanto muitas pessoas pensam. Entretanto, as principais cidades ficam próximas à costa do Pacífico. A capital, Cidade da Guatemala, é onde está o maior aeroporto do país e porta de entrada de quem vem de países mais distantes.

Antigua é muito próxima à Cidade da Guatemala, fica a apenas 36 km de distância; por isso, muitas pessoas chegam de avião, o aeroporto da capital fica a 34 km de Antigua.

Também há settlers (vans) que ligam Antigua às cidades mais turísticas do país como Lanquín (Semuc Champey) e Flores (Tikal).

Melhor época para viajar

A estação chuvosa é entre Maio e Outubro, já de Novembro a Abril é a estação seca. A melhor época para viajar para a Guatemala é na estação seca, mas Antigua pode ser visitada durante a estação chuvosa sem problemas.

Eu viajei em Junho, choveu alguns dias, mas por duas ou três horas e não atrapalhou a viagem. A principal atividade que é prejudicada com a chuva, é a visita ao vulcão. É possível de fazer com chuva, mas atrapalha. Entretanto, você pode deixar para fazer esse passeio em um dia de tempo bom!

A época que a cidade fica mais cheia, ou melhor, lotada, é na Semana Santa, segundo o Instituto Guatemalteco de Turismo. Durante a comemoração religiosa as ruas da cidade ficam cobertos de tapetes de serragem, algo semelhante ao que ocorre em Ouro Preto no mesmo período.

procissão semana santa antigua guatemala
Procissão da Semana Santa em Antigua – Foto: Phossil (CC BY-NC-ND 2.0)

As férias do meio e do final do ano também são períodos com bastante fluxo de turistas. Por isso, se viajar durante algum desses períodos, lembre de reservar o hotel com antecedência.

Onde ficar em Antigua

O Centro Histórica é a melhor região para se hospedar em Antigua Guatemala, já que é onde estão a maioria das atrações turísticas e restaurantes da cidade. A boa notícia é que quase todos os hotéis ficam nessa parte da cidade. Mesmo assim, há alguns com melhores localizações que outros.

Os principais pontos de referência do centro histórico é o Parque Central (Praça Central) e o Arco de Santa Catarina.

Antigua possui muitos hotéis confortáveis, aconchegantes e charmosos, por isso é um destino muito escolhido por casais e considerado romântico.

Outro fator importante é que Antigua é um destino caro se comparado a outras cidades da Guatemala. Entretanto, se comparado ao Brasil, esse é um destino barato! Por isso, você pode aproveitar para se hospedar em um hotel melhor.

Vamos começar falando das opções mais confortáveis. Os melhores hotéis da cidade, são hotéis boutique. O El Convento Boutique Hotel é um charmoso hotel com cara de pousada em estilo rústico. O Las Cruces Boutique Hotel já é um hotel em estilo colonial e possui alguns quartos com banheira de hidromassagem ao ar livre. Ambos os hotéis estão a 3 quarteirões do Arco de Santa Catarina.

onde hospedar antigua guatemala
El Convento Boutique Hotel, considerado um dos melhores da cidade – Foto: divulgação

Para quem quer conforto, mas procura bom custo benefício, há o Hotel Palacio de Doña Beatriz um colorido hotel com piscina, mas que está a 1 km do centro histórico. Outra boa opção é o Hotel Eterna Primavera Antigua que possui quartos amplos e está a meio quarteirão da Praça Central.

Hotel Palacio de Doña Beatriz boa opção de custo-benefício – Foto: divulgação

Entre as opções econômicas e bem localizadas está o Posada San Vicente by AHS que está a 1,5 quarteirões da Praça Central. E o Hotel y Arte Antigua uma opção mais jovem também a um quarteirão e meio do Parque Central.

hoteis baratos em antigua
Hotel y Arte Antigua, muito procurado pelo público jovem – Foto: divulgação

Para quem gosta de hostel, um dos melhores da cidade é o Adra Hostel, que fica a 3 quarteirões do Parque Central.

hotels antigua guatemala
Adra Hostel, um dos melhores hostels de Antigua – Foto: divulgação

 

Leia também os outros posts da Guatemala

-Tikal, as grandes pirâmides maias da Guatemala

-Semuc Champey, as maravilhosas piscinas naturais da Guatemala

-Escalando Pacaya: o vulcão ativo mais turístico da Guatemala

Felipe Zig
Felipe Zighttps://www.abraceomundo.com/
Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.