Início Europa Alemanha Erfurt, Weimar e o Coração Verde da Alemanha na Turíngia

Erfurt, Weimar e o Coração Verde da Alemanha na Turíngia

Alemanha é um país muito especial e repleto de história. Teve seu país dividido na época da União Soviética, presenciou diversas guerras e foi palco de um dos maiores massacres da história. Apesar de tudo isso, o país também expressa bons momentos, famosa pela produção de cerveja e pelo futebol invejável que apresenta.

Mas se engana quem pensa que a Alemanha é apenas Berlim e Munique. Existem muitas outras cidades e regiões interessantes para conhecer. E uma delas é a região da Turíngia, também conhecida como o “Coração Verde da Alemanha”.

Já ouviu falar da Turíngia? Se sim, muito pouco, né? Mas se está pensando em viajar para o país, tenho certeza que esse artigo fará você rever a sua viagem e colocará Turíngia em seu roteiro. Por isso vamos conhecer um pouco mais desse estado chamado Turíngia, ou em alemão Thüringen.

cidade historica erfurt alemanha
Erfurt é uma cidade histórica com um interessante centro histórico – Foto: Martin Kirchner / Thüringer Tourismus

A região da Turíngia

Localizada no centro-leste da Alemanha, a região da Turíngia é um dos menores estados do país. A sua população é de aproximadamente 2 milhões de habitantes e conta com uma área 16.172 quilômetros quadrados. Cercada por cinco países alemães, a Turíngia tem como sua capital, a cidade de Erfurt, uma das mais famosas cidades da região. Outro destaque é para a cidade de Weimar, um importante centro histórico e cultural da Alemanha.

Além disso, o estado da Turíngia se destaca pela boa qualidade e baixo custo de vida. A região é uma das mais baratas para se viver e visitar, comparada aos outros estados alemães.

Mas você deve estar se perguntando: porque a região é conhecida como o Coração Verde da Alemanha? E saiba que a população muito se orgulha disso, inclusive se você conversar com os moradores e perguntar sobre a Turíngia, é uma das primeiras coisas que eles vão comentar. É como se fosse um cartão de visita.

Isso porque a maior parte da paisagem da Turíngia é marcada pelas pitorescas colinas arredondadas da Floresta da Turíngia, que está localizada no sul do estado. Por lá, as suas encostas alcançam elevações de aproximadamente 900 metros. E é nesta área que os visitantes podem desfrutar de caminhadas, trilhas, vistas panorâmicas, aldeias e vales encantadores. Um local perfeito para os amantes da natureza.

Floresta da Turíngia trekking
Floresta da Turíngia, um dos principais destinos ecológicos da Alemanha – Foto: Guido Werner / Thüringer Tourismus

Ainda sem contar as lindas paisagens que o Rio Saalle pode proporcionar, um afluente do rio Elba que nasce na Baviera, com 413 quilômetros de comprimento que banha várias cidades importantes.

Mas as atrações não param por aí. A Turíngia não se restringe apenas a florestas e montanhas, também há lugares que carregam uma grande história cultural para o mundo. Muitas das cidades continuam com aspectos de muitos anos atrás, preservando seu caráter anterior a Segunda Guerra Mundial, diferente de outras regiões na Alemanha que foram fortemente atingidas pela guerra e tiveram suas cidades arruinadas, como Nuremberg.

Então, vamos a uma lista de algumas cidades, cada uma com suas peculiaridades, que você precisa conhecer na Turíngia.

O que conhecer na Turíngia?

.

Erfurt, a capital da Turíngia

A capital e maior cidade da Turíngia conta com mais de 210 mil habitantes. Erfurt é caracterizada pelo seu charme medieval e pela sua riqueza cultural. Desde as suas pequenas ruas, lindas casas e igrejas, a cidade reserva muitas atrações para visitantes de todo o mundo. Vamos conhecer algumas delas.

1. Catedral de Erfurt e Igreja de Severino

Catedral de Erfurt alemanha
Catedral de Erfurt, uma obra medieval em estilo gótico – Foto: Gregor Lengler / Thüringer Tourismus

A mais importante e mais antigas das igrejas da cidade, a Catedral de Erfurt apresenta uma arquitetura em estilo gótico. Segundo pesquisas, não há informações exatas do ano de fundação, porém algumas partes do edifício parecem ter sido utilizadas há cerca de 1200 anos. Um dos fatos mais importantes ocorridos na catedral foi a ordenação de Martinho Lutero, o monge alemão, em 1507.

Ao lado da Catedral de Erfurt está localizada a Igreja de São Severino ou Severin Kirche, em alemão. Em conjunto, esses dois edifícios formam um ícone da arquitetura para a cidade. A igreja de São Severino é um dos primeiros exemplos de uma igreja gótica e das mais importantes na Alemanha.

Além disso, já presenciou muitos acontecimentos na cidade. Entre um dos espetáculos, o mercado de Natal de Erfurt da praça da catedral, um dos mais lindos e famosos da Alemanha.

2. Ponte de Krämerbücke

o que fazer erfurt atrações
A Ponte de Krämerbücke é a única da Europa que possui casas habitadas – Foto: Wikipédia (CC BY 3.0)

Já imaginou morar em cima de uma ponte? Pois saiba que isso acontece na cidade de Erfurt. A famosa ponte de Krämerbücke é a única em toda a Europa e possui 32 casas totalmente construídas e habitadas. A ponte mais longa do continente europeu possuí uma extensão de 120 metros.

3. Mosteiro Agostiniano

atrações turisticas erfurt
Biblioteca do Mosteiro Agostiniano – Foto: Martin Krichner / Thüringer Tourismus

Com quase um hectare de tamanho, o Mosteiro de Agostiniano é mais conhecido como o antigo lar de Martinho Luthero, onde viveu entre os anos de 1483 e 1546. Esse mosteiro foi construído por monges por ordem da Igreja Católia durante o século XIII. Em sua totalidade com a igreja, o mosteiro conta com três pátios, conventos e habitações agrícolas, sendo um exemplo raro da arquitetura religiosa e importante centro da Reforma Protestante.

4. Antiga Sinagoga

quando ir para erfurt alemanha
Antiga Sinagoga de Efurt é uma construção da Idade Média – Foto: Wikipédia (CC BY 3.0)

Uma das sinagogas medievais mais preservadas da Europa está localizada na cidade de Erfurt. Suas partes mais antigas foram construídas em meados do século XI, mas atualmente, o local serve como um museu da história judaica, inaugurado há 11 anos. Todo o tesouro de Erfurt está guardado lá dentro, uma coleção de joias e moedas medievais, bem como raros manuscritos religiosos do hebraico de Erfurt.

Weimar, a cidade que respira cultura e história

Weimar, a cidade que foi a Capital Cultural da Europa em 1999, particularmente é conhecida como o lar de grandes nomes da cultura alemã, incluindo Goethe e Schiller. Com mais de 65 mil habitantes, a cidade é repleta de museus e monumentos, onde cerca dos seus 20 espaços já foram incluídos no Patrimônio Mundial da UNESCO. Vamos a lista?

1. Casa Goethe

o que fazer visitar weimar
A Casa Goethe é onde o poeta passou a maior parte de sua vida – Foto: Florian Trykowski / Thüringer Tourismus

Nada mais, nada menos que a casa principal em que viveu o escritor, poeta Johann Wolfgang von Goethe. Nesta residência construída em 1709, o escritor passou a maior parte da sua vida, por quase 50 anos.

A casa é um dos exemplos mais marcantes do período clássico de Weimar, onde no ano de 1886 foi inaugurado como um memorial. A surpresa é a simplicidade dos móveis da casa, eles ainda permanecem lá e podem ser admirados pelos visitantes. Neste espaço, Goethe deixou trabalhos importantes, Ifigênia em Táuride, o Tasso e Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister, além de alguns poemas. Em março de 1832, Goethe faleceu sentado em uma poltrona de sua casa.

O passeio é guiado por um áudio. Crianças e adolescente menores de 16 anos não pagam. Para ver preços e horário de funcionamento acesse o site do museu.

2. Casa de Schiller

atrações turisticas weimar alemanha
A Casa de Schiller é um museu que funciona onde o escritor morou – Foto: Florian Trykowski / Thüringer Tourismus

A Casa de Schiller é um museu localizado na antiga casa do médico, poeta, historiador e filósofo, Friedrich Schiller. A partir de 1805, o poeta passou os últimos anos na casa, onde escreveu os grandes dramas “A Noiva de Messina e “Wilhelm Tell”.

A exposição fornece uma visão completa da vida, o trabalho, as obras e os negócios do gênio alemão. O mais impressionante é ver os móveis amplamente originais, como a mesa e a cama usadas por Schiller na época.

3. Campo de Concentração de Buchenwald

roteiro quantos dias weimar
Campo de Concentração de Buchenwald em Weimar – Foto: Wikipédia (CC BY 3.0)

As marcas da Segunda Guerra Mundial também fazem parte do passado de Weimar. O campo de concentração de Buchenwald está localizado há cerca de 10 quilômetros do centro da cidade. Juntamente com muitos outros, Buchenwald foi um dos maiores campos de concentração criado pelos nazistas.

Ele foi construído em 1937 e parcialmente destruído ao final da guerra, voltado, principalmente para a produção de armamentos. Em 1942 e 1943, o campo foi também um espaço para o teste ilegal de vacinas contra a epidemia do tifo.

Embora não tenha sido construído para fins de extermínio, como exemplos de Auschwitz, estima-se que mais de 280 mil pessoas foram aprisionadas e cerca de 56 mil foram vítimas de fome, violência, doenças e assassinatos pelos soldados alemães.

A parte preservada, hoje abriga um memorial dedicado as vítimas. O passeio pelo campo é guiado por áudio e leva mais de 4 horas. Mesmo assim, neste tempo não será possível conhecer o campo por inteiro. Um dos fatos mais interessantes dessa visita é um relógio na torre do portão de entrada que mostra o horário de 15:15, onde ficou marcado o momento de resgate pelas tropas norte-americanas e o fim da guerra para mais de 21 mil pessoas.

A cidade de Eisenach e o castelo de Wartburg

O Castelo de Wartburg, localizado na cidade de Eisenach na Turíngia é uma parada obrigatória. O castelo é Patrimônio Histórico da Unesco e faz parte da história da Alemanha e do mundo.

Entre os acontecimentos mais famosos foi a passagem de Martinho Lutero. Ele viveu por um ano no castelo, onde traduziu a Bíblia do latim para o alemão. Os visitantes podem fazer um tour e conhecer o quarto onde viveu Luthero. O que pode tornar a visita ainda mais especial é que durante o mês de dezembro acontece o famoso mercado de Natal, dentro do próprio castelo. A cidade de Eisenach fica a 70 quilômetros de Erfurt e pode ser visitada em apenas um dia.

Castelo de Wartburg
Castelo de Wartburg, uma das principais atrações da Turíngia – Foto: Moritz Kertzscher / Thüringer Tourismus

cidades turisticas turingia alemanha
Parte interna do Castelo de Wartburg – Foto: Moritz Kertzscher / Thüringer Tourismus

Esqui e o turismo de inverno

Agora se você é do tipo que curte atividades mais radicais, ou simplesmente gosta de explorar a natureza, a cidade de Oberhof no meio da Floresta da Turíngia é o destino perfeito.

A cidade proporciona paisagens incríveis e oferece uma programação completa para explorar cada cantinho dessa floresta. Entre elas estão as trilhas e caminhadas de inverno, esqui, elevadores, tobogã, tubos de neve e até passeios de trenós e carruagens a cavalo. Além disso, Oberhof é conhecida também por sediar competições de inverno há mais de 100 anos. A cidade conta com excelentes instalações para a prática e treinamento de esportes de inverno.

inverno neve oberhof alemanha
Oberhof é um tradicional destino de inverno na Alemanha – Foto: Pixabay

Mas também, Oberhof pode ser uma excelente opção para curtir férias com a família. Há muitas outras atrações voltadas para as crianças, como, por exemplo, uma torre de jogos com aproximadamente 200 metros quadrados em uma área de recreação com escorregador, trem, castelo inflável, montanha de escada, trampolim e muito mais.

Passar um final de semana em Oberhof é diversão e aventura garantida na sua viagem. Para mais informações sobre as ofertas em Oberhof, acesse: https://www.oberhof.de/

Gastronomia

Falar da Turíngia e não falar em gastronomia seria um erro. Pelo menos para quem vive aqui, a comida é considerada uma das mais famosas e a melhor da Alemanha. Com um gosto peculiar, o destaque vai para as salsichas da Turíngia.

A famosa salsicha vermelha

Thüringer Rostbratwurst, ou salsicha vermelha, é proveniente de Erfurt e é uma das mais saborosas da região. A salsicha que mede entre 15 e 20 centímetros é produzida com carne de porco picada e diversas especiarias.

A salsicha é assada sobre uma grelha com gordura e servida no meio do pão, o famoso bratwurst ou apenas sobre um prato de madeira.

salsicha vermelha turingia alemanha
Salsicha da Turíngia é uma das comidas mais tradicionais da região – Foto: Wikipédia (CC BY 3.0)

Com o intuito de promover o produto nas feiras e exposições pela Alemanha, o estado da Turíngia realiza todo ano um concurso para eleger a rainha das salsichas.

A Cerveja escura mais famosa da Alemanha

Além das salsichas da Turíngia serem as melhores da Alemanha, também é na Turíngia que é produzida a melhor cerveja escura, a Köstritzer (Schwarzbier). A cervejaria fundada em 1542 está localizada em Bad Köstritzer, próximo a cidade de Gera é uma das mais antigas produtoras de Schwarzbier na Alemanha. Atualmente a cervejaria é líder nacional no mercado de cervejas escuras, exportando seu produto para mais de 57 países.

cerveja preta alemanha Köstritzer
A tradicional cervejaria Köstritzer é famosa pela produção de cerveja preta – Foto: divulgação Köstritzer

Para quem quiser conhecer, a cervejaria oferece uma visita guiada por todas as instalações, desde o processo de fabricação da cerveja, até o produto final. O passeio tem uma duração de cerca de 2 horas. A experiência termina com uma degustação de todos os tipos de cervejas, acompanhado de um lanche tradicional da região.

Como chegar na Turíngia

Existem várias formas de chegar na Turíngia. Uma delas é vindo de Berlim ou Munique. As cidades são próximas da região e tem o acesso facilitado, seja de ônibus, trem ou carro. O trajeto leva em torno de três horas, independente do transporte escolhido. Também, existe a opção de chegar pela República Tcheca ou Áustria, pois é uma região que faz divisa com os esses países. As opções de transporte também são ônibus, trem ou carro. Porém, não existe nenhum transporte que faça o trajeto direto, em algum momento haverá a troca de ônibus ou trem em outra cidade na Alemanha.

No entanto, a melhor forma para viajar até a Turíngia é partindo de uma das cidades alemãs, como Berlim ou Munique. Outra opção também é sair da cidade de Frankfurt, outro ponto muito conhecido pelos turistas, ou até mesmo pela famosa cidade de Dresden. Todas essas cidades são “vizinhas” do “Coração Verde da Alemanha”.

Onde ficar

O ponto de partida na região da Turíngia sempre será as cidades de Erfurt e Weimar. As cidades oferecem uma quantidade maior de hospedagens com excelentes padrões para todos os tipos de viajantes.

Além de estar próximo da maioria das atrações mais tradicionais e importantes da Turíngia, bem como por oferecer aos turistas fácil acesso e uma variedade de horários e transportes. Então, a melhor opção é escolher uma acomodação em uma dessas duas cidades.

Onde ficar em Erfurt

Erfurt é a cidade que possui mais opções de hotéis. Com 200 mil habitantes, Erfurt possui hotéis de vários níveis e preços. O melhor local para se hospedar é no centro histórico. Entre os hotéis mais sofisticados de Erfurt destacam o Hotel Krämerbrücke e o Hotel Domizil que ficam no centro histórico.

hotel sofisticado 5 estrelas erfurt
Mercure Hotel Erfurt Altstadt fica no centro histórico de Erfurt – Foto: divulgação

Com valor um pouco menor, mas bem confortáveis você encontra alguns hotéis de rede como Mercure Hotel Erfurt Altstadt e o Radisson Blu Hotel Erfurt, ambos no centro histórico. E o IntercityHotel Erfurt que fica a uma distância caminhável do centro.

onde ficar Erfurt alemanha
Centro histórico de Erfurt – Foto: divulgação Hotel Krämerbrücke

Entre as opções mais baratas, a maioria não fica no centro histórico. Uma das opções de melhor custo-benefício do centro é o Villa Altstadtperle Erfurt. Já entre as opções baratas no centro de Erfurt está o OPERA Hostel. Já fora do centro, mas a uma distância que é possível chegar caminhando, caso você não se importa de andar cerca de meia hora, há mais opções de hotéis baratos. Podemos destacar a Pension Weber e a Pension No 55.

onde hospedar hotel erfurt
Erfurt possui opções econômicas de hospedagens – Foto: divulgação Pension Weber

Onde ficar em Weimar

Weimar é uma cidade menor, com 64 mil habitantes ela possui metade das opções de hotéis de Erfurt. Mas, isso não quer dizer que você não encontra vários opções de hotéis. O melhor local para se hospedar também é no centro histórico. Dentre os hotéis mais sofisticados do centro se destacam o Hotel Hollerbusch e o Hotel Elephant Weimar.

hotel sofisticado 5 estrelas weimar
Hotel Elephant, uma opção confortável no centro de Weimar – Foto: divulgação

Entre os de nível intermediário no centro, destacamos o dieSonne e o apart-hotel Amalienhof Hotel und Apartment. Se você gosta de ficar em um local mais calmo, bucólico e afastado do centro há o Hotel Schwartze que é um dos melhores custo-benefício de Weimar.

onde hospedar hotel weimar
O apart-hotel Amalienhof Hotel possui um bom preço no centro de Weimar – Foto: divulgação

Já entre as opções baratas do centro histórico estão a Pension Havana Club e o Labyrinth Hostel Weimar.

hoteis baratos hostel weimar
Labyrinth Hostel, opção baratapara quem precisa economizar – Foto: divulgação

Texto feito com a colaboração de Mateus Heckler, intercambista na Universidade de Jena, Alemanha.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Onde ficar no Porto em Portugal

Onde ficar no Porto: melhores bairros e dicas de hotéis

O Porto é um lugar emblemático e cheio de história, onde o turismo cresce exponencialmente a cada ano. Eleita em 2015 e 2017 como...