InícioEuropaO que fazer em Praga: um guia completo pelo destino mais apaixonante...

O que fazer em Praga: um guia completo pelo destino mais apaixonante do leste europeu

Se você busca saber o que fazer em Praga, certamente já teve boas referências ou se encantou ao pesquisar sobre a cidade na internet. Afinal, a capital da República Tcheca se tornou uma das queridinhas do Leste Europeu e a explicação é bem atraente.

Em resumo, viajar para Praga é fazer uma imersão única na história, cultura e gastronomia europeia, mas com despesas bem menores que em cidades como Paris, Barcelona ou Berlim. Por isso, o Abrace o Mundo preparou este guia completo para te apresentar o que fazer em Praga, quando ir e quais pontos turísticos não podem ficar de fora do seu roteiro. Confira conosco e boa leitura!

O que saber sobre Praga: quando ir e o que esperar

Antes de explicar o que fazer em Praga, é importante explicar que a cidade teve sua fundação no Século 9 e se tornou um dos maiores centros comerciais e culturais da Europa Central na Idade Média.

Além disso, durante a Reforma Protestante e a Guerra dos 30 anos, Praga foi palco de conflitos religiosos e políticos, que tiveram seu ápice durante a 2ª Guerra Mundial. Isso porque, após a ocupação do exército alemão, passou por um longo período de reconstrução.

Contudo, no final da década de 1980, a cidade despontou como um importante destino turístico e gastronômico. Isso porque conta com uma arquitetura deslumbrante e paisagens encantadoras, às margens do Rio Moldava.

Se você deseja se manter sempre conectado em Praga e compartilhar sua viagem em tempo real, não deixe de adquirir um chip internacional.

Clima em Praga

Responder sobre o que fazer em Praga depende diretamente da época do ano em que você decide visitar a cidade. E o motivo é porque o clima tem variações enormes ao longo do ano, de acordo com a estação.

Em resumo, as temperaturas mais amenas ocorrem no verão, de junho a agosto, quando as médias ficam entre 20º e 25º. Por sua vez, os termômetros começam a cair em torno de 10º no outono (setembro a novembro), clima similar ao da primavera, nos meses entre março e maio.

Por último, a temperatura em Praga atinge no inverno 0º, com possibilidades de neve e ventos gelados que duram de dezembro a fevereiro. Além disso, mesmo que as chuvas tenham maior incidência no verão, elas costumam acontecer moderadamente em todas as estações. Ou seja, é sempre bom se preparar com roupas e calçados impermeáveis.

Como chegar e como se locomover em Praga

Para chegar a Praga, você pode optar por voar para o Aeroporto Internacional Václav Havel, que está a cerca de 17 km do centro da cidade. A partir do aeroporto, você pode pegar um táxi, usar o transporte público ou reservar um serviço de transfer para chegar ao seu destino final.

Entretanto, atualmente, não existem voos diretos do Brasil para Praga. Dessa forma, eles realizam uma escala em outros aeroportos da Europa, como por exemplo, o de Roma, Berlim ou Paris.

Como chegar de ônibus ou trem até Praga

Várias capitais e cidades maiores da Europa oferecem ônibus até Praga. Contudo, essa opção costuma ser interessante apenas para quem vai ampliar o roteiro, já que desembarcar diretamente na cidade é bem simples.

De trem, Praga possui conexões ferroviárias com diversas cidades da Europa a partir da estação central de Praga, chamada de Hlavní nádraží.

Transporte público em Praga

Em relação à locomoção em Praga, a cidade possui um sistema de transporte público eficiente, que inclui metrô, ônibus e bondes. De modo geral, os bilhetes podem ser adquiridos em máquinas de venda automática nas estações ou em quiosques. Contudo, é importante validar o bilhete ao entrar no transporte público e conferir a duração do uso, já que eles têm validade por horas, dias, semanas ou até mesmo mensal.

Outro ponto importante para se saber ao decidir o que fazer em Praga é considerar que a cidade pode ser facilmente explorada a pé, especialmente nas áreas centrais, como a Cidade Velha e o Bairro do Castelo. Sendo assim, caminhar pelas ruas estreitas e admirar a arquitetura é uma ótima maneira de conhecer a cidade.

Outra opção é alugar uma bicicleta, pois Praga possui uma boa infraestrutura para ciclistas, com ciclovias e rotas dedicadas. Em outras palavras, isso permite que você explore a cidade de forma mais independente e aproveite as áreas verdes, como o Parque Letná e o Parque Stromovka.

Documentos obrigatórios para conhecer a República Tcheca

Ainda que muitos turistas não tenham o hábito de contratar seguro viagem para alguns destinos internacionais, é importante lembrar que a República Tcheca faz parte do Tratado de Schengen. Ou seja, a contratação de um seguro com cobertura de despesas médicas e hospitalares de, no mínimo, €30 mil é obrigatória. Em resumo, sem ele, você será impedido de entrar no país. 

Além disso, a permanência por mais de 3 meses exige o visto de longo prazo. Para outras situações, será necessário apenas a apresentação do passaporte, seguro viagem compatível e documentos que comprovem recursos financeiros durante a sua estadia por lá.

Dinheiro em Praga

A moeda oficial da República Tcheca é a coroa tcheca e, mesmo fazendo parte da União Europeia, o país utiliza muito mais sua moeda do que o Euro. Por isso, considere realizar o câmbio ou utilizar cartões para o pagamento.

Além disso, alguns estabelecimentos que aceitam receber em Euro utilizam uma cotação bem inferior à oficial.

O que fazer em Praga: 15 pontos turísticos que você precisa conhecer

A lista sobre o que fazer em Praga que preparamos abrange desde os pontos turísticos mais famosos até opções mais alternativas. Contudo, antes de salvar seus favoritos, recomendamos que confira sobre os horários de funcionamento dos destinos que não são gratuitos e as condições de cancelamento, em casos de mau tempo. Dito isto, vamos a eles!

1 | Castelo de Praga

É impossível começar uma lista sobre o que fazer em Praga sem incluir o maior castelo medieval do mundo. Sim, o maior!

Em resumo, o Castelo de Praga é uma imponente fortaleza que remonta ao século 9 e possui em seu interior um complexo que vai além de um castelo. Afinal, ele conta com a majestosa Catedral de São Vito, o Palácio Real com seus salões luxuosos e a famosa Sala Vladislav e a Basílica de São Jorge, com sua arquitetura românica e afrescos medievais.

E tem mais, uma vez que você também poderá conhecer masmorras, uma cidadela camponesa e ter uma vista panorâmica sobre a cidade.

2 | O que fazer em Praga: passeie pela Ponte Carlos

A Ponte Carlos é uma das atrações mais emblemáticas de Praga. Construída no Século 14, a ponte possui estátuas de santos e figuras religiosas ao longo de seus 516 metros de extensão. Além disso, seu redor é repleto de edifícios históricos e uma paisagem exuberante.

Durante o dia, a ponte é animada, com artistas de rua e vendedores de souvenirs. Porém, é à noite que ela ganha uma atmosfera romântica ou boêmia e se torna um lugar imperdível para contemplar as luzes de Praga.

3 | Praça da Cidade Velha

A Praça da Cidade Velha é o coração histórico de Praga. Isso porque é onde está o famoso Relógio Astronômico, que mostra a hora, o movimento dos astros e a posição do sol e da lua.

A praça também abriga a Igreja de Nossa Senhora de Týn, com suas torres góticas imponentes e outros edifícios notáveis que incluem a Prefeitura da Cidade Velha e a Igreja de São Nicolau.

4 | Bairro Judeu

O Bairro Judeu, conhecido como Josefov, é uma área com uma rica herança judaica e deve estar na lista sobre o que fazer em Praga por sua importância histórica. Afinal, este foi o local que Hitler escolheu para comemorar a morte do último judeu pelo nazismo, que felizmente, não aconteceu.

Sendo assim, o Bairro Judeu se tornou um espaço de memória e abriga várias sinagogas, incluindo a Sinagoga Espanhola, que é uma das mais bem preservadas da Europa. Outro destaque é a Sinagoga Velha-Nova, que é uma das mais antigas em uso contínuo no mundo.

5 | Torre da Pólvora

A Torre da Pólvora teve sua construção durante o Século 15 e serviu como um ponto de controle para a entrada na Cidade Velha. Hoje, você pode subir até o topo da torre para desfrutar de vistas panorâmicas de Praga. No interior, há uma exposição sobre a história da torre e sua importância na defesa da cidade.

6 | Catedral de São Nicolau

Localizada no Bairro Menor (Malá Strana), a Catedral de São Nicolau é uma das igrejas barrocas mais impressionantes de Praga. Afinal, sua fachada imponente e seu interior ricamente decorado com afrescos, esculturas e pinturas fazem dela uma visita obrigatória.

7 | Palácio Wallenstein

Por sua vez, o Palácio Wallenstein é um magnífico prédio de arquitetura barroca que abriga o Senado da República Tcheca. Além de sua imponente estrutura, o palácio possui um belo jardim com fontes, pavões e um lago com carpas.

8 | O que fazer em Praga para os amantes de museus

Localizado na Praça de Wenceslas, o Museu Nacional é o maior museu da República Tcheca. Além disso, ele possui uma vasta coleção de artefatos históricos, científicos e culturais e inclui exposições sobre a história da República Tcheca, geologia, zoologia e muito mais.

9 | Teatro Nacional de Praga

Às margens do rio Moldava, o Teatro Nacional exibe uma arquitetura neo-renascentista deslumbrante e se mantém como palco de óperas, balés e peças de teatro. Além disso, oferece visitas guiadas para conhecer os bastidores e a história do teatro.

10 | Memorial de Franz Kafka

Merece também figurar entre as dicas sobre o que fazer em Praga, uma visita ao local onde nasceu e viveu o escritor tcheco Franz Kafka. Dessa forma, é possível adentrar no universo literário do autor de ‘A metamorfose’, um dos livros mais importantes de todos os tempos.

Ainda que Kafka tenha mudado diversas vezes de habitação, todas as suas residências sempre estiveram próximas ao rio. Por isso, o memorial do escritor optou por ocupar uma antiga fábrica de tijolos que fica na região favorita do autor.

Por lá é possível conferir cartas originais de Kafka, conferir itens de seu acervo pessoal e aprender mais sobre a influência do escritor em toda a literatura tcheca.

11 | Explore os mercados de Praga

Da mesma forma que acontece em várias cidades turísticas do mundo, é possível inserir em dicas sobre o que fazer em Praga um roteiro exclusivamente gastronômico. Afinal, a cidade conta com diversos mercados e feiras com o melhor da comida tcheca.

Em outras palavras, você irá encontrar desde queijos, salsichas, cervejas e vinhos até pratos típicos como o koleno (joelho de porco assado com ervas) e a tradicional sopa de batatas com cogumelos, chamada de Ceska Bramborová.

Aqui, um ponto de atenção é que a maior parte dos mercados podem funcionar em dias específicos. Por exemplo, o Náplavka que só abre aos sábados e é um dos mais famosos dentre eles.

12 | O que fazer em Praga para quem busca turismo religioso

O menino Jesus de Praga é uma famosa imagem de Cristo, ainda criança, que possui muitos fiéis ao redor do mundo. Contudo, ele se encontra na Igreja de Nossa Senhora Vitoriosa, na região central da Cidade Velha de Praga.

A estatueta com 47 centímetros de altura é rica em detalhes e atrai peregrinos do mundo todo, inclusive do Brasil. Aliás, pela devoção de brasileiros a igreja passou a contar até mesmo com uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, padroeira dos católicos em nosso país.

13 | Conheça o Muro de John Lennon

Após seu assassinato e com o fim do regime comunista, em 1989, artistas de Praga aproveitaram o desejo da cidade por liberdade e homenagearam o ex-Beatle em um local que se tornou icônico na capital tcheca.

Em resumo, o muro tem recriação em grafites o tempo todo, com mensagens que sempre remetem à paz e ao amor. Por isso, é um ponto turístico de Praga para quem deseja tirar muitas fotos e fortalecer a corrente de humanidade que a cultura local propõe.

14 | Tire um tempo para um spa de cerveja

Se você é um apaixonado por cervejas e não sabe o que fazer em Praga, essa dica é no mínimo curiosa. Isso porque a cidade possui uma experiência que se chama “Beer Spa”, que se trata de um banho com a bebida enquanto se degusta os melhores rótulos.

Aos interessados, basta agendar a atividade nos estabelecimentos que oferecem o serviço e aproveitar os momentos que são o sonho de qualquer cervejeiro, não é mesmo?

15 | Encante-se com a Casa Dançante

Por fim, é impossível não inserir no roteiro sobre o que fazer em Praga um dos monumentos mais icônicos da cidade, o Tančící dům. Sua tradução para o português significa Casa Dançante, e o nome do prédio do arquiteto Vlado Milunić já indica o que esperar.

Isso porque a obra pouco convencional remete a dois dançarinos, em um prédio coberto por vidros temperados e com 99 painéis de concreto. Atualmente, a construção abriga escritórios da empresa de seguros Nationale Nederlander, além de um hotel e um restaurante.

Agora que você já sabe o que fazer em Praga, se quiser dar uma esticada no passeio e conhecer o país vizinho, confira nosso conteúdo sobre o que fazer em Munique, um dos destinos mais incríveis da Alemanha!

Wendell Soares
Wendell Soares
Wendell Soares é jornalista, pós graduado em Marketing Digital e apaixonado por música, literatura de terror, gatos e viagens. Nem sempre nessa ordem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui