Início França Paris Como economizar no transporte público em Paris

Como economizar no transporte público em Paris

O transporte público é a principal forma para se deslocar em Paris. Os turistas utilizam o transporte na maioria dos dias que ficam na cidade. Com umas dicas simples, você consegue economizar bastante no gasto com transporte.

O jeito mais fácil de economizar é comprando o passe de transporte público, há alguns deles e cada um é melhor para um tipo de turistas.

Transporte público

Quando falamos transporte público de Paris estamos nos referindo ao metrô, RER (trem), ônibus e tramway (VLT).

Ticket t+ – passe de 10 viagens

Para quem vai utilizar pouco o transporte público, a primeira dica é não comprar as passagens individualmente. Comprando individualmente elas saem por €1,90. Já se comprar em múltiplos de 10 elas saem por €1,49 cada uma.

Ticket t+ – Foto: wikipédia (CC BY 3.0)

Na hora de comprar a passagem no guichê do metrô/trem ou nas máquinas de autoatendimento, você escolhe a opção 10 passagens. Você receberá um papelzinho que dá direito a utilizar 10 vezes. Não é nominal, pode ser utilizado por várias pessoas. Quando completar as 10 ele parará de funcionar.

Você poderá fazer conexões no transporte público dentro de duas horas. Entretanto, precisa saber que esse ticket só é válido para andar na zona 1 e 2. Por isso as passagens de trem mais caras que vão para outras zonas como Versalhes (zona 4), Disneyland (zona 5) e aeroporto Orly (zona 3) e aeroporto Charles de Gaulle (zona 5) não podem ser utilizadas com esse ticket.

Comprar passagens em múltiplos de 10 do Ticket t+ vale a pena para quem utilizará pouco o transporte público ou ainda não sabe a quantidade que vai utilizar. Se você já sabe que utilizará muitas vezes, há opções mais vantajosas para você!

Mobilis

O Mobilis é um passe diário de transporte. Com ele você anda ilimitadamente no transporte público durante um dia. O ticket vale do momento da compra até a meia noite do mesmo dia. Por isso, atenção, ele não dura 24 horas.

O valor vai depender de quais zonas você precisará utilizar. O Mobilis para zonas 1 e 2 é €7,50; zonas 1 a 3 €10; zonas 1 a 4 €12,40 e zonas 1 a 5 €17,80.

Para ficar apenas dentro da cidade de Paris você só precisará da zona 1, as outras zonas servem para ir aos aeroportos e às atrações fora da cidade como Versalhes e Disneyland.

Catraca do metro de Paris – Foto: divulgação Navigo

Vale a pena comprar o Mobilis para quem não precisará utilizar muito o transporte público no geral, mas que em um dia específico precisará utilizar mais o transporte. Para quem já sabe que precisará utilizar muito o transporte vários dias da viagem, vale mais a pena o Navigo, que é o próximo tópico.

O Mobilis é vendido no mesmo lugar do Ticket t+ máquinas de autoatendimento e guichês das estações de metrô/trem.

Navigo

O cartão Navigo é a melhor opção para quem utilizará muito o transporte público em Paris. Neste quesito incluem quem se hospeda em hotéis longe da região central e que querem visitar várias atrações por dia.

O Navigo é um cartão que lhe dá direito a utilizar ilimitadamente o transporte público de Paris. Você compra o cartão, escreve seu nome, coloca uma foto e faz a recarga (semana, mês ou ano). Para os turistas o mais comum é recarga semanal. Entretanto é bom prestar atenção porque a recarga vale por uma semana (segunda a domingo) e não por um período de 7 dias. Por isso, se você recarregar ele no domingo só valerá por um dia!

Nossos cartões Navigo aberto e fechado

Uma outra vantagem do Navigo é que com ele você pode utilizar da zona 1 a 5. Ou seja, poderá utilizar para ir a Versalhes, Disnayland e aeroportos de Oly e Charles de Gaulle. E são justamente esses deslocamentos os mais caros! Pagar a viagem de ida e volta até o aeroporto é praticamente o valor semanal do Navigo.

O cartão custa €5 (não é reembolsável) e a recarga semanal custa €22,80. Eles são vendidos nos guichês das estações de metrô/trem. Não são vendidos nas máquinas de autoatendimento.

Dica importante: muita gente deixa de fazer o cartão por não ter foto 3×4. Mas não precisa ser uma foto mesmo. Você pode pedir para seu hotel tirar um xerox da foto do seu passaporte, recortá-la e colocá-la no cartão. Quem me deu essa dica foi o próprio funcionário do metrô que me vendeu o cartão!

Metro em Paris – Foto: wikipédia (CC BY 3.0)

Foto de capa: Luc Mercelis (CC BY-NC-ND 2.0)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Onde ficar em Belo Horizonte

A capital do estado de Minas Gerais pode parecer só mais uma metrópole brasileira, impessoal e cheia de prédios. Porém, Belo Horizonte é apaixonante,...

O que fazer em Tiradentes?

Como curtir a folia em BH