Início Portugal Porto Visita as Caves de Vinho do Porto

Visita as Caves de Vinho do Porto

Um dos passeios mais tradicionais em Porto é visitar as caves do vinho do Porto. É um passeio interessante no qual podemos conhecer a produção do vinho do Porto e, no final, ainda degustar essa bebida espetacular!

Quando fiz intercâmbio em Portugal, tive a oportunidade de conhecer mais profundamente o vinho do Porto e visitar algumas caves, por isso posso contar como é essa visita e dar algumas dicas.

Antes de falar especificamente das caves, vale a pena dizer que Porto em Portugal, possui muitas outras atrações turísticas interessantes. Para conhecê-las temos um guia completo com as atrações, museus, praias e destinos turísticos próximos de Porto.

Tipos de Vinhos do Porto

Um dos atrativos da visita às caves  é conhecer a produção e diferença dos tipos de vinho do Porto. Os mais tradicionais são os vinhos tintos Ruby e Tawny, o vinho Branco também é muito produzido. Mas, ainda há o vinho Lágrima, que é branco e mais doce e o Rosé, que é o tipo mais novo. Para conhecer as diferenças, leia o texto Os diferentes tipos de Vinho do Porto e onde comprar em Portugal.

Caves não ficam em Porto

O curioso é que apesar deste famoso vinho ser denominado Vinho do Porto, na verdade, ele nem passa pela Cidade do Porto. As uvas são produzidas ao longo do Rio Douro e as caves ficam em Vila Nova de Gaia. O vinho ganhou esse nome no século XVII por ser exportado a partir da cidade do Porto. Entretanto, Gaia fica tão perto de Porto que muita gente nem percebe que é outra cidade. Veja a foto abaixo.

Visita-caves-vinho-do-porto
Do lado esquerdo é Gaia e do lado direito Porto

Como chegar as caves?

Na parte histórica de Porto, na região mais turística da cidade, há uma grande ponte chamada de Ponte Luís I. Essa ponte liga Porto a Gaia. Você pode atravessar a ponte andando ou de ônibus na parte de baixo. Neste caso você já chegará na região onde ficam as caves de vinho.

Na parte de cima da ponte passa o metro e o bonde. Entretanto, esses meios de transporte lhe deixarão na parte de cima da cidade, bem longe das caves.

Se chegar em Gaia sem ter reservado a visita, vale a pena passar no Centro de Informações Turísticas da cidade, que fica próximo a ponte. Lá eles podem lhe informar locais, preços,  horário de visitação e tipos de visitas que existem nas caves.

Cave-Sandeman
Cave dos vinhos Sandeman – Foto: Sogrape Vinhos

Como é a visita a uma Cave de Vinho do Porto

As visitas as caves foram criadas como forma de aproveitar uma demanda dos turistas em conhecer mais sobre o vinho do Porto e, é claro, vender mais garrafas. Há 12 caves que oferecem visitação na cidade de Gaia e em todas elas há degustação do vinho do Porto no final.

Apesar de existirem muitas caves, a visita não varia muito, é basicamente a mesma e dura em média uma hora. A visita é guiada, com grupos, em geral, com mais de 10 pessoas, podendo passar de 40 pessoas, dependendo da cave e do dia.

Os guias contam a história do vinho do Porto, da cave e explicam como são produzidos os diferentes tipos de vinho do Porto (Branco, Ruby, Tawny). Tudo isso andando no meio dos tonéis onde ficam armazenados os vinhos. No final, a melhor parte, a degustação!

A maioria das casas oferecem visitas em quatro idiomas: português, inglês, espanhol e francês. O inglês, normalmente, é o idioma com mais horários de visitas. É possível comprar a visita na cave na hora, entretanto procure saber primeiro os horários da visita, senão você precisará esperar algumas horas para fazer a visita em português ou precisará fazer a visita em outro idioma.

Por isso, muita gente prefere reservar a visita com antecedência, pois já assegura o horário da visita. Falarei mais sobre como reservar mais abaixo em outro tópico.

Algumas caves oferecem mais de um tipo de visita. Na verdade, a visita é a mesma e o que varia são os vinhos da degustação. Quanto mais vinhos são oferecidos para a degustação, mais cara será a visita!

degustação vinho do porto portugal
Degustação padrão são de dois ou três vinhos, um branco e os outros tintos – Foto: Cave Ferreira

Se for fazer muitas visitas ou quiser comprar algumas garrafas de vinho para beber no hotel, apenas tenha cuidado para não exagerar e passar mal. Ninguém quer passar mal em uma viagem. Mas, se passar, você tem o seguro de viagem. Lembre que contratar seguro viagem é obrigatório para as viagens à Europa. Se ainda não contratou, faça agora uma cotação na Seguros Promo, escolhe entre as várias opções e ganhe 5% de desconto com o cupom ABRACEOMUNDO5.

Caves de Vinho do Porto

Escolher a Cave a ser visitada não é tarefa fácil! Há mais de 10 caves na cidade. As visitas são bastante parecidas, e você pode dar sorte, ou não, de pegar guia melhor que deixe o passeio mais interessante. Entretanto, a parte mais objetiva que pode ser comparada é a degustação de vinhos. Veja abaixo algumas das caves mais visitadas.

Calém

produção vinho do porto
Visita guiada da Calém, com projeções de imagens nos balseiros – Foto: divulgação

Uma das caves mais visitadas é a Cálem, com mais de 200 mil visitantes por ano. A visita inclui um Museu Interativo (15 minutos), e uma visita guiada às caves históricas que dura cerca de 30 minutos.

Com relação a degustação, há duas opções Standart  que dá direito a um vinho Branco e um Tawny envelhecido por 10 anos, para ver o preço e horário clique aqui e o Premium que dá direito a uma terceira degustação de um LBV, Late Bottled Vintage. O Premium é vendido apenas pelo site oficial. Entretanto, eu recomendo comprar no GetYourGuide, que é um site confiável, vende pelo mesmo preço e permite cancelar a compra até dois dias antes da visita.

fado e vinho do porto
Apresentação de Fado da Calém – Foto: divulgação

A Celém ainda possui uma visita guiada que além de visitar a cave e fazer a degustação de vinhos, ainda está incluído uma apresentação de 45 minutos de fado (foto acima), que é uma  música típica de Portugal. O único problema é que a visita guiada é apenas em inglês. Para saber horários e informações clique aqui.

Taylor’s

museu vinho do porto
Museu da Taylor’s que é visitado junto com a visita a cave – Foto: divulgação

A Taylor’s é uma das mais antigas empresas a produzir vinhos do Porto, desde 1693. O problema dessa cave, é que você precisará subir uma rua íngreme para chegar até ela!

Depois do sacrifício você perceberá que de lá tem uma boa vista do Rio Douro e do centro histórico de Porto. No local ainda tem um restaurante. A degustação é de dois vinhos, um branco extra-seco e um LBV.

Para saber preços e horário de funcionamento, clique aqui.

Cave Croft

produção vinho porto portugal
A Cave da Croft é menos procurada por turistas por isso a visita é mais privativa – Foto: divulgação Croft

A Croft, fundada em 1588, é a produtora de vinho do Porto mais antiga ainda em funcionamento. Apesar de não ser das maiores empresas, ela tem muita história.

Um fato importante de ser mencionado, é que essa é uma cave bem mais vazia que as demais listadas aqui. Por isso, se quiser fugir das multidões e fazer uma visita com poucas pessoas, a Croft pode ser a melhor opção. A visita é chamada de “experiência Croft” e além do passeio pelas caves há a degustação de três vinhos e a degustação de três vinhos: um rosé, um Ruby Reserva e um Tawny 10 anos. Vale ressaltar que o vinho rosé da Croft, chamado de Pink, foi o primeiro vinho rosé do Porto em 2008.

Para saber preços e horário de funcionamento, clique aqui.

Há um tour de 4 hora pelo centro histórico de Porto que inclui a visita a cave da Croft.

Ferreira e Sandeman

Cave Sandeman – Foto: divulgação

Essas são duas das principais marcas de vinhos do Porto. Você já deve ter visto estar marcas em supermercado, principalmente a Ferreira é uma das marcas que mais presentes no Brasil.

A Casa Ferreira é uma produtora criada em 1751 por Bernardo Ferreira. Entretanto, foi sua neta Dona Antónia Adelaide Ferreira que ficou marcada como símbolo da empresa. Ao comandar a empresa Dona Ferreira conseguiu ampliar a produção e consolidar a marca.

Já a Sandeman foi criada em 1790 por um escocês chamado George Sandeman. O que chama mais atenção é sua logomarca, um homem de capa e chapéu criada em 1928 e chamado de “Don Sandeman” e considerado um dos primeiros símbolos icônico de marca de vinhos do mundo.

As duas marcas possuem bastante tradição, entretanto, o que fez eles estarem presentem em vários países do mundo foi eles fazerem parte de um conglomerado de empresas chamado Sogrape. Essa empresa possui marcas de vinho da Espanha, Argentina, Chile, Nova Zelândia, e adquiriu essas duas marcas em 1978 e 2001, respectivamente.

O principal motivo de você encontrar essa marca em várias lojas especializadas e dutty frees do mundo é sua ampla rede de distribuição.

Além da Ferreira e da Sandeman, a Sogrape também é dona da marca de Vinho do Porto Offey. Entretanto, estão abertas a visitação apenas as caves da Ferreira e Sandeman.

A Sogrape leva a sério as visitas como uma forma de divulgação das marcas, há visitas em seis idiomas diferentes. Há 4 tipos de visitas diferentes na Sandeman e 5 visitas diferentes na Ferreira. Os preços são iguais nas duas caves.

Cave Sandeman

guia visita cave vinho do porto
Don Sandeman, guia vestico com a capa preta e chapéu típicos da marca – Foto: divulgação Sandeman

Na Sandeman, o guia vai vestido como o Don Sandeman, com uma capa e chapéu pretos. A Visita Clássica, que é a mais barata e com preços semelhantes as outras caves, possui duas degustações. A Visita Premium possui três degustações: Branco, Ruby e Tawny. Ambas as visitas duram 40 minutos. Já as visitas mais caras duram 1h30min e possuem 5 e 4 provas de vinhos, com destaque para a visita Old Tawnies com provas de Tawnies que envelheceram por 10, 20, 30 e 40 anos. Entretanto, essa é a visita mais cara. Para saber preços e horários clique aqui.

Cave Ferreira

visita cave vinho do porto
Área de degustação da Casa Ferreira – Foto: divulgação

A Cave Ferreira possui uma sala com a história de Dona Ferreira. Com relação as visitas, são parecidas a Sandeman, a diferença são as degustações. A visita que tem a mais é que fala e degusta sobre os vinhos Douros. As demais degustações são equivalentes, entretanto a principal visita da casa possui degustações de Vinhos Vintages que são melhores do que os Old Tawnies da Sandeman. Para ver preços e horários das visitas da Cave Ferreira clique aqui.

Outros tipos de tours para provar vinho do Porto

Os portugueses sabem que o vinho do Porto é famoso mundialmente e que grande parte dos turistas que chegam à cidade querem provar o famoso vinho. Por isso, há uma grande quantidade de tours que envolvem a degustação de vinho do porto. A começar por um tour de 3 horas, com 10 degustações de 3 marcas diferentes de vinho do porto. Há um trenzinho turístico que circula pelo centro histórico de Porto e inclui a visita a uma cave. Você também encontra na cidade show de Fado, o estilo musical mais tradicional de Portugal, em que também são oferecidas degustações de vinho. O tour gastronômico que passa em alguns bares e prova comidas típicas e também há degustação de vinhos.

Para quem quer conhecer a produção do vinho mais afundo, o indicado é o tour que visita o vale Douro, onde são plantada as uvas que são utilizadas para a produção do vinho. O tour ainda inclui visita a duas vinícolas e um passeio de barco.

Vinho-Taylors
Local de degustação da Taylor’s. Foto: Taylor’s Vinhos

Onde comprar vinho do Porto?

Ao contrário do que parece, as caves não são bons locais para comprar vinho, pois seus preços são mais altos. Caso você queira um vinho especial, um vintage ou uma reserva de um ano específico, aí sim, as caves são os melhores lugares para comprar, pois não haverá lugar com mais opções.

Entretanto, caso compre os vinhos comuns é melhor comprar em uma loja no Porto. No centro da cidade há algumas lojas especializadas em vinhos do Porto, não são lojas requintadas, são lojas simples, parecendo mercearias. Elas ficam nas ruas paralelas a avenida principal e seus preços são bem menores do que nas caves, além de possuírem opções de várias marcas.

Também há a opção de comprar no supermercado. O preço do supermercado é até melhor que nas lojas de rua, porém possui menos opções, só as maiores marcas vendem em supermercados. Por isso, se você for a Porto, eu recomendo comprar em uma loja especializada em vinho. Além da maior variedade de opções, eles ainda podem te indicar alguma marca ou tipo específico.

Foto de capa: Nice place to hide yourself - Foto de: Jairo
Felipe Zig
Felipe Zighttps://www.abraceomundo.com/
Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.