InícioMéxicoCidade do MéxicoOnde ficar na Cidade do México: melhores e mais seguros bairros

Onde ficar na Cidade do México: melhores e mais seguros bairros

Saber onde ficar na Cidade do México é fundamental! Essa grande metrópole tem algumas regiões que são mais perigosas, por isso é importante escolher com bastante atenção onde se hospedar.

Não apenas em relação à segurança, mas decidir onde ficar na Cidade do México é essencial para você ter uma melhor experiência neste destino. Afinal, a cultura mexicana é um dos maiores atrativos do país.

Onde ficar na Cidade do México

A capital mexicana é uma cidade incrível, com vários pontos turísticos e um lado cultural bem intenso. A Cidade do México ou México D.F., como é chamada pelos mexicanos, é uma metrópole grande e muito populosa, com mais de nove milhões de habitantes. É a capital e o centro econômico do país.

Como a cidade também é muito turística, há diferentes opções de hospedagens de todos os preços e tipos. Desde hotéis luxuosos até alternativas mais econômicas.

Os turistas estrangeiros costumam se hospedar em quatro regiões: Polanco, Condesa, Zona Rosa e Centro Histórico. Apesar de serem mais tradicionais, esse bairros têm características muito diferentes que você precisa conhecer, pois podem lhe fazer gostar ou odiar um determinado bairro!

Outro ponto que você precisa saber sobre esse destino é referente a sua diversidade de restaurantes, que oferecem pratos de toda a culinária mexicana. Vale salientar que, em alguns bairros, há mais ofertas e diversidade de restaurantes. Então, vamos mostrar agora os bairros e onde ficar na Cidade do México.

Polanco

bairro de Polando na Cidade do México
Polanco, o bairro mais nobre da cidade, faz divisa com o Bosque Chapultepec – Foto: Dëni Fotografía (CC BY-NC-ND 2.0)

Polanco é o bairro mais nobre da cidade e, consequentemente, o mais caro. Nesta região, encontram-se os importantes centros comerciais, alguns dos melhores shopping da cidade, lojas de grife e várias embaixadas.

Polanco é considerado o bairro mais seguro, bonito e agradável de toda a capital mexicana. Um dos atrativos é sua divisa com o Bosque Chapultepec, importante destino turístico e a principal área verde da cidade.

Os restaurantes de alta gastronomia são outro destaque, sendo que alguns dos melhores da cidades se concentram neste bairro, como Pujol e Garum. Além disso, também conta com alguns bares e boates mais sofisticados.

cidade do méxico onde ficar
Polanco tem muitas áreas verdes e é muito agradável – Foto: Google Street View

Polanco é o bairro preferido por quem busca sofisticação e conforto. Por conta disso, a maioria dos hotéis de luxo da Cidade do México se encontram aqui, como Las Alcobas, um hotel boutique com decoração contemporânea, e Presidente InterContinental, um grande hotel que conta com seis restaurantes.

O bairro também reúne hotéis econômicos com bom custo-benefício. A dica de hospedagem é o Capital O Caravansaro, um pequeno hotel com quartos coloridos, e o Hotel Singular Sócrates, com ótima localização. Entretanto, vale a pena comentar que eles custam mais que hotéis similares nos bairros próximos.

Um ponto negativo do bairro é o fato de ter apenas uma estação de metrô , o “Metro Polanco”. 

Veja hotéis em Polanco, clicando aqui.

Condesa

bairro de Condesa na Cidade do México
Condesa é um bairro vibrante e colorido – Foto: Karen Apricot (CC BY-SA 2.0)

La Condesa também é um bairro nobre da capital mexicana, mas com características bastante diferentes de Polanco. Os dois bairros estão localizado na mesma região e em frente ao Bosque Chapultepec, porém ficam em lados opostos do Bosque.

Condesa é um bairro mais vibrante, um centro cultural e artístico da cidade, com arte de rua e lojas coloridas. Um dos destaques do bairro é a sua zona boêmia que possui vários bares e um clima bem animado durante as noites.

Condesa é mais frequentado pelo público jovem, que consideram o local mais descolado e agradável da cidade. Desde os cafés hipsters às galerias de arte, o bairro se tornou um dos mais singulares da capital. Também há várias lojas e restaurantes, porém menos sofisticadas (e mais baratos) que os de Polanco.

onde ficar cidade do méxico
Condesa é o bairro mais vibrante da cidade – Foto: divulgação Hotel Parque México Boutique

Com relação aos pontos negativos, o principal é em relação ao metrô, visto que há duas estações, mas localizadas em pontos periféricos do bairro. Mesmo assim, como Condesa é bastante seguro, quando se fala em onde ficar na Cidade do México, há quem não abre mão de se hospedar nessa região.

Condesa conta com algumas opções mais sofisticadas, se destacando nesse ramo o AR 218 Hotel, um hotel boutique moderno em uma ótima localização. Entretanto, o bairro se sobressai pelos hotéis com preços medianos e bom custo-benefício, como o Hotel Parque México Boutique, um hotel reformado em prédio clássico, e a Posada Viena Hotel, uma pousada colorida com decoração popular mexicana.

Você pode ver todos os hotéis e hostels em La Condesa, clicando aqui.

Zona Rosa

zona rosa da Cidade do México
Zona Rosa – Foto: Wallack Family (CC BY 2.0)

A Zona Rosa não é um bairro, mas uma região dentro do bairro de Colonia Juárez. Esse nome intriga turistas e apesar de não existir uma versão oficial para o motivo de se chamar “zona rosa”, muita gente atribui ao escritor Vicente Leñero que descrevia a região como “muito tímida para ser vermelha e atrevida demais para ser branca“.

O local é conhecido como um dos principais redutos boêmios da cidade desde a década de 1950. Entretanto, o local entrou em decadência nos anos 1980 e voltou a ter fama nas décadas de 1990 e 2000.

Um dos motivos que levou a Zona Rosa a se reerguer, foi que ela passou a ser o reduto da comunidade LGBT. Hoje, a região é um local de diversidade que recebe diferentes tipos de públicos com uma grande variedade de bares e boates.

hotéis cidade do méxico
Zona Rosa é uma região segura com bons preços – Foto: Google Street View

Para quem procura vida noturna, a Zona Rosa talvez seja o melhor local para ficar na Cidade do México. As baladas da região são muito famosas. Por outro lado, por ser uma localização bem agitada, pode ser barulhenta. Assim, para quem procura tranquilidade é melhor se hospedar em outro bairro.

A Zona Rosa é uma região menos bonita e agradável que as opções anteriores, porém mais barata. Não apenas com relação à hospedagem, mas também aos restaurantes. Ela está localizada ao lado do bairro La Condesa. Entretanto, está situada mais próxima ao Centro Histórico, ficando a apenas 4 km de distância.

Uma curiosidade é que, nessa região, concentram-se vários sex shops.

A Zona Rosa não tem opções de hotéis de luxo, sendo um dos melhores o Mexico City Marriott Reforma Hotel, um hotel 5 estrelas que custa bem menos que um equivalente em Polanco ou Condesa.

Um outro hotel bastante confortável, porém com preço menor é o City Express Plus Reforma El Angel, 4 estrelas. Já entre os melhores hotéis econômicos estão a Posada Viena Hotel e o Hotel Parque México Boutique. Já para quem busca hostel, a indicação é o Capsule Hostel.

Para ver uma seleção dos hotéis e hostels com melhores preços da na Zona Rosa, clique aqui.

Centro Histórico – Zócalo

centro histórico na Cidade do México com a catedral ao fundo
Centro Histórico é muito cheio durante o dia e à noite, vazio – Foto: haRee (CC BY-NC 2.0)

O Centro Histórico da Cidade do México (foto de capa) é o coração turístico dessa metrópole. Aqui foi onde a cidade nasceu, por isso concentra a maior parte das atrações turísticas.

Por um lado, hospedando-se no centro histórico significa se deslocar a pé para muitas atrações turísticas da cidade, por outro, também significa estar em uma das regiões mais movimentadas e caóticas da metrópole. Essa região não é apenas o centro histórico, mas também o centro comercial.

Uma vantagem do centro histórico são os preços. Se você procura um hotel barato na Cidade do México, o centro é onde você encontrará mais opções. Não apenas os valores das diárias são menores, como há maior variedade de restaurantes, desde opções mais sofisticadas até baratas. Também há uma grande oferta de transporte público. Portanto, para quem precisa economizar, o centro é o lugar mais fácil para isso.

Vale destacar que o centro também conta com boas opções de hotéis 4 e 5 estrelas. Como as construções são antigas, há hotéis charmosos e românticos nessa parte da cidade.

Entretanto, antes de já ir reservando um hotel nesse local, você precisa saber que o centro histórico é uma região imponente, mas não é um local agradável. Durante o dia, é muito cheio, mas, ao anoitecer, deserto e perigoso. Em virtude dos riscos, não é à toa que muitos hotéis possuem seguranças armados à noite. Se for sair depois das 21 horas, pegue um táxi ou Uber, já que é perigoso andar a pé nesse horário.

Por tudo isso, o centro não é a região mais indicada para se se hospedar. Entretanto, para quem gosta de ficar próximo das atrações turísticas e não pretende sair à noite, pode ser uma boa opção.

Mesmo com todos os defeitos há quem goste de se hospedar aqui, por isso ele conta com interessantes hotéis de luxo como Downtown e Umbral Curio Collection.

onde ficar na cidade do mexico
Gran Hotel fica em frente a Zócalo, principal praça da cidade – Foto: divulgação

O ponto de referência do centro histórico é a Praça da Constituição, conhecida como Zócalo, que é a principal da cidade, rodeada pela Catedral e pelo Palácio Nacional. Para quem busca ficar no melhor ponto da cidade, o Gran Hotel Ciudad de Mexico é uma ótima opção de hotel 5 estrelas. Em frente Zócalo, há também um hostel, o Hostel Mundo Joven Catedral que conta com seu próprio bar e restaurante para os hóspedes não precisarem sair à noite.

Para quem busca hotéis econômicos, o Hotel MX Zócalo fica a 300 metros da Zócalo e o Cadillac Hotel Boutique é uma hospedagem nova próxima ao metrô.

Caso queira ver todos os hotéis do Centro Histórico, clique aqui.

Outras dicas para além de onde ficar na Cidade do México

Agora que você já sabe onde ficar na Cidade do México, vale a pena conhecer as atrações turísticas. A capital mexicana tem muitos museus, prédios históricos, sítios arqueológicos e uma gastronomia incrível. Para conhecer todos esses atrativos dessa cidade, leia nosso guia sobre o que fazer na Cidade do México e também veja quantos dias são recomendados para conhecer as principais atrações.

Se você também incluiu Cancún em sua viagem pelo México, vale a pena ver nosso guia de hospedagem em Cancún e Riviera Maia.

Se você já tem passagem comprada para o México, está na hora de comprar o seguro viagem. Esse não é um item obrigatório em uma viagem para o país, mas é muito indicado. Nunca sabemos quando vamos precisar de cuidados médicos e na Cidade do México esse tipo de serviço é caro.

Por isso, vale a pena contratar o seguro que ainda oferece outros tipos de comodidades, como retorno antecipado em caso de doença do segurado ou de familiar próximo e um valor pago se houver extravio ou perda da mala. Faça a cotação do seu seguro.

Foto de capa de: Felix E. Guerrero (CC BY-SA 2.0)
Felipe Zighttps://www.abraceomundo.com/
Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui