InícioDicasO que é hostel? Como funciona, dicas e advertências

O que é hostel? Como funciona, dicas e advertências

Você sabe o que é hostel? A palavra hostel pode soar estranha para muita gente. É uma palavra que vem da língua inglesa e se você traduzi-la para o português encontrará a palavra “albergue”.

A palavra albergue também é utilizada para denominar hospedagens gratuitas que são oferecidas por prefeituras e entidades sociais para moradores de rua. Apesar de também possui quartos compartilhados, são locais totalmente diferentes.

Por isso, em português é mais comum você encontrar a denominação “albergue da juventude”. Entretanto, para evitar má entendimento, mesmo no Brasil, o mais comum é utilizar a palavra hostel!

O que é hostel?

Se você não sabe o que é hotel, podemos dizer que é um tipo de acomodação de baixo custo em relação aos meios de acomodação tradicionais, onde há maior convívio social e predominantemente jovens.

Ou seja, é um lugar onde a hospedagem é mais barata que um hotel ou pousada e onde há uma maior socialização dos hóspedes que são, majoritariamente, jovens.

Hospedagem barata

A hospedagem é mais barata, pois nos hostels existem quartos compartilhados. Esses quartos são dormitórios que possuem várias camas, por isso a hospedagem é barata. Os quartos possuem de quatro a 12 camas, embora existam hostels com quartos para 16, 20 até 24 pessoas.

A lógica é simples, quanto mais pessoas nos quartos, mais baratas as diárias. Os dormitórios podem ser masculinos, femininos ou mistos e podem ter armários individuais para você guardar seus pertences.

Mas, os hostels também oferecem quartos privados para até quatro pessoas. Inclusive, o quarto privado para quatro pessoas pode sair mais barato que quatro camas nos dormitórios.

hostel o que é
Quarto compartilhado pode ser divertido, mas também bagunçado – Foto: Pak-Up Hostel (Tailândia)

Entretanto, os quartos para duas pessoas, nos melhores hostels são mais caros do que uma pousada ou hotel do mesmo nível. Justamente por todas as facilidades e socialização que existe, as pessoas pagam a mais para hospedar em um hostel.

Hostel, ambiente de socialização

Como há várias pessoas dividindo o quarto, fica mais fácil a socialização entre os hóspedes. Mas, esse não é o único aspecto, hostels têm áreas sociais que são propícias ao convívio. Alguns hostels têm até atividades sociais como jogos, karaokê e noite de cinema para os hóspedes interagirem.

albergue da juventude
Quarto compartilhado do Ô de Casa Hostel (São Paulo) – Foto: divulgação

Além disso, quem tem costume de se hospedar em hostel, gosta de conhecer, conversar e fazer novos amigos. Principalmente, para pessoas que viajam sozinhas, o hostel é uma ótima opção para conhecer pessoas e encontrar companhia para fazer passeios. Há pessoas que viajam e pagam um pouco mais para ficar em quartos privados em hostels, por causa de todo esse ambiente.

E é claro, para quem tem orçamento apertado ou viaja sozinho, o hostel é uma opção mais barata, pois quartos individuais são mais caros.

Como funciona um hostel: facilidades e instalações

Outro diferencial do hostel em relação ao hotel são as facilidades. No hostel, normalmente, há cozinha que os hóspedes podem utilizar. Então, caso queira economizar ou tenha restrições alimentares, você pode preparar a sua própria comida. Mas, não esqueça de que você terá que lavar a louça que sujou!

Hostel também podem ter lavanderia, bar, depósito de bagagem, computadores para acesso à internet, empréstimos de livros, jogos de tabuleiro, etc.

o q é hostel
Eu já fiquei no Castle Rock Hostel (Escócia), à noite há jogos para interagir os hospedes – Foto: divulgação

Outro diferencial importante é que os recepcionistas são, normalmente, mais dispostos a ajudar, dando boas informações turísticas e de meios de transporte e além disso, são pessoas que falam inglês. Pousadinhas ou hotéis mais baratos, em vários países, não possuem recepcionistas que falam bem inglês, em vários casos não falam nada.

Por isso tudo que hostel é um tipo de hospedagem que está crescendo. E há hostels de vários níveis e preços; alguns com muito conforto e facilidades e mais caros que muitos hotéis. Outros mais simples que só tem o quarto e nada mais.

Hospedagem de mochileiro

Os hostels, ou hostals, como são chamados em espanhol, são muito procurados por um tipo de viajante: os mochileiros. Quem viaja com mochila nas costas tem costume de se hospedar em hostels.

No Brasil, ainda não é muito comum viajar de “mochilão”, entretanto em outros locais do globo, como Europa ou Sudeste Asiático, há bastante mochileiros. Em Bangkok, na Tailândia, por exemplo, existe até uma rua conhecida como rua dos mochileiros.

o que é um hostel e como funciona
Bandeiras de países são comuns em hostels – Foto: Railway Square YHA (Austrália)

Desvantagens do hostel

Hospedar em hostel também pode proporcionar alguns desconfortos. A principal queixa são os quartos compartilhados, que pode haver barulho ou alguém pode acender as luzes de madrugada. Entretanto, os melhores hostels possuem luzes individuais em cada cama e curtinha para dar mais privacidade.

E falando de privacidade, esse é outro ponto negativo. Não apenas nos quartos, mas também nos banheiros. Muitos banheiros são coletivos, tipo de clube, onde há várias chuveiros e várias privadas.

Outra reclamação é limpeza, nem todo hostel é bem limpo. Por isso, é importante olhar a avaliação antes de reservar. No Booking, há uma nota geral de cada estabelecimento e uma apenas para a limpeza.

O barulho também pode ser um problema, mesmo se você estiver em um quarto privado. Os hotels que possuem bares dentro do estabelecimento possuem uma quantidade de barulho maior que pode atrapalhar algumas pessoas. Se você está indo com intuito de curtir a noite, isso não será um problema.

Entretanto, se quiser descansar depois de um dia cansativo, é melhor escolher um hostel sem bar. Nos comentários das avaliações no Booking ou  Hostel World, as pessoas sempre falam se houver barulho, por isso é bom ler os comentários.

Hostels durante a pandemia de coronavírus (covid19)

Durante a pandemia de coronavírus (covid19), uma característica admirada dos hostels virou um problema. Os espaços compartilhados (quartos, banheiros e cozinha) e as áreas de convivência se tornaram uma preocupação, devido ao maior risco de contágio. Com isso, vários viajantes evitaram esse tipo de hospedagem.

o que é hostel
O que é hostel – Bar do Los Amigos Hostel (Guatemala) – Foto: divulgação

Reservar ou não o hostel?

Primeiramente, vale a pena reservar. Nas primeiras vezes que utilizei hostel eu não reservava, chega na cidade e procurava a hospedagem. Essa questão de reservar ou não a hospedagem é complexa, temos até um texto sobre isso.

Por um lado eu pagava menos, já que muitas vezes negociando na hora se consegue um desconto. Por outro lado perdíamos muito tempo, algumas opções de hospedagens eram caras e outras estavam cheias.

Outro fator fundamental, é que não tínhamos muito base de comparação, e algumas vezes escolher hostels com péssima relação custo-benefício.

Quarto compartilhado hostel
Quarto compartilhado com camas com cortinas Foto: CoDE Pod Hostels (Escócia)

Onde reservar o hostel?

No começo da minha vida mochileira, eu reservava através do site Hostel World, que é um site que tem apenas hostels. Entretanto, hoje em dia reservo pelo Booking, porque considero um site melhor para pesquisar e comparar as opções.

Na busca por propriedade você pode escolher o tipo de propriedade: hotel, hostel, camping, etc. Também escolhe as facilidades como piscina, cozinha, depósito de bagagens, etc. E pode escolher uma localização, como bairro da cidade.

Também pode ver a localização em um mapa, funcionalidade que não há no Hostel World. Além disso, algumas propriedades, é possível pagar antecipado em reais e o sistema de cancelamento é mais fácil de usar.

O que há de melhor na plataforma do Hostel World são os comentários e a avaliação! Os comentários no Hostel World são feitos, normalmente, por que tem costume de se hospedar em hostels. Por isso, as avaliações são mais úteis.

Além disso, o critério de avaliação dos hospedes que dão notas nas propriedades, há dois itens no Hostel World (segurança e diversão) , que não tem no Booking e são itens bem pertinentes a um hostel.

Quando for reservar uma hospedagem, reserve sempre pelo nosso blog ou algum outro blog que você goste. Para você será o mesmo valor que entrando direto no site de reservas e o blog recebe uma comissão que ajuda a manter o site e realizar novos projetos.

hostel
Ambiente de convívio do Wombats Munich Hostel (Alemanha) – Foto: divulgação

Outras dicas sobre hostels

Se for se hospedar em um hostel siga essas dicas:

  • Se for ficar em um dormitório, veja se o hostel tem armários individuais. Eu já fiquei várias vezes em hostels que não possuíam isso; nunca me roubaram nada, mas é mais seguro colocar seus pertences no armário e trancá-lo. Principalmente, se tiver objetos de valor, como computador, tablet, máquina fotográfica, etc.
  • Leve cadeado! Os armários individuais têm trinco e cada hóspede deve levar o seu cadeado. É bom levar até mais de um cadeado. Alguns hostels possuem tomadas para carregamentos de equipamentos eletrônicos individuais que podem ser trancados.
  • Leia os comentários de quem já se hospedou, para saber as características daquele hostel, como se ele é barulhento, sujo ou bem localizado, por exemplo.
  • Prefira hostels com café da manhã. Eles podem ser um pouco mais caros, mas é um custo-benefício que vale a pena. Principalmente, se tiver pouco tempo disponível naquela cidade.
  • Se for viajar para cidades caras, prefira ficar em hostel com cozinha, pois comprando no supermercado comida congelada, semipronta ou mesmo in natura, te fará economizar bastante.

Outras dicas para quem já sabe o que é um hostel e como funciona

Agora que você já sabe o que é um hostel e como funciona, veja nossas outras dicas de viagem. Você pode começar com nosso texto sobre como planejar e fazer um roteiro de viagem. O planejamento é essencial para aproveitar ao máximo o destino e gastar menos.

Uma outra questão muito importante, é decidir se vai viajar de mochila ou mala. Quem se hospeda em hostels, costuma viajar de mochila cargueira, o famoso mochilão. Ela lhe permite mais agilidade como ao utilizar o transporte público, entretanto também limita a quantidade de roupa que você pode levar.

Caso você planeje uma viagem a um destino muito frio, como os destinos que nevam, vale a pena conferir como se vestir no frio.

Imagem destacada: Hostel Dormitory – Foto de: Let99
Felipe Zig
Felipe Zighttps://www.abraceomundo.com/
Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui