Foto: Carlos Andrés Restrepo (CC BY-NC 2.0) Cartagena

Cartagena das Índias é o destino turístico mais famoso e visitado da Colômbia. Apesar de ser uma cidade litorânea, as praias dentro de Cartagena não são bonitas, o que leva os turistas a buscarem as praias de fora da cidade.

O Parque Nacional Corales del Rosario é o principal destino de praias da região. Chamado também de Ilhas do Rosário, o arquipélago é formado por 27 ilhas e atrai a maior parte dos turistas que desembarcam na cidade.

Dentre essas praias, a mais conhecida, visitada e também popular é a Playa Blanca. Ela não faz parte das Ilhas do Rosário, porém está dentro do Parque Nacional Corales del Rosario. O local é bonito, mas é preciso tomar alguns cuidados para sua visita não se transformar em um pesadelo.

Leia também: Vale a pena dormir na Playa Blanca de Cartagena?

Como Chegar

Existem duas formas de chegar à Playa Blanca: por terra (conta própria ou tour) e por mar (tour).

Transporte terrestre

Por terra existem duas opções de visita: ir por conta própria ou com tour organizado por agências de turismo. Se você estiver pensando em dormir por lá, provavelmente utilizará esse meio de transporte. Para conhecer as opções de hospedagens em Playa Blanca e arredores, sugiro que você leia: Onde ficar em Playa Blanca, Cartagena: pousadas a hotéis de luxo.

Ir por conta própria sai muito mais barato e não é tão complicado. Além disso, você acaba tendo mais liberdade para ficar o tempo que quiser na praia. Para chegar por conta própria você precisará pegar um ônibus e depois um táxi. Primeiro, é preciso pegar um ônibus que passa no ponto da Índia Catalina (dentro da Cidade Amuralhada).

O ônibus não possui numeração, mas vem escrito Pasacaballos, custa cerca de $3.000 COP- Pesos Colombianos (R$3,60) e o trajeto leva uma hora. Avise ao motorista que você irá para Playa Blanca, pois você não descerá no ponto final, mas no meio do distrito de Pasacaballos. De lá, você precisará pegar um táxi, moto-táxi ou tuk tuk para chegar à Playa Blanca, custa entre 7.000 e 15.000 COP (R$8 a R$16) por pessoa e dura cerca de 30 minutos. 

Fui por conta própria e foi tranquilo. Para quem quer economizar essa é a opção mais barata. Porém, precisa ficar atento ao local de descer do ônibus e negociar com o taxista, pois ele tentará lhe cobrar mais caro poser turista.

Playa Blanca

Transporte terrestre

Para quem quer mais conforto e tranquilidade existe a opção de ir com um tour. Algumas agências de turismo oferecem transporte por vans ou ônibus para chegar à Playa Blanca. O ônibus lhe buscará e lhe deixará na porta de seu hotel e ainda está incluído um almoço em Playa Blanca. As refeições em Playa Blanca costumam ser simples e a base de peixe, mas os peixes parecem frescos. Esse tour custa a metade do preço do tour de barco, por isso muitos turistas escolhem essa opção. Para ver preços e saber mais informações do tour terrestre clique aqui.

Prato típico servido na Playa Blanca – Foto: Restaurante y Hospedaje Baru

Uma das vantagens desse tour é que a maioria das agências de turismo dão a possibilidade de ir um dia e voltar no dia seguinte, ideal para quem pretende dormir por lá.

Transporte marítimo (tour de barco)

O tour de barco é a opção mais prática e interessante, por isso é a escolhida pela maioria dos turistas. Existem vários tours saindo de Cartagena para conhecer as praias da região. Os preços variam de acordo com as praias escolhidas. Os mais caros são as praias privadas nas Ilhas do Rosário, onde você pode utilizar das facilidades dos hotéis (banheiros, piscinas e almoçar no hotel).

Ilha Tierra Bamba – Foto: Via Colombia Travel

A maior vantagem desse tipo de tour é que você estará em um local mais vazio, onde poderá desfrutar de uma tranquilidade vendo o bonito mar caribenho. Playa Blanca pode ficar lotada, com muitas excursões de moradores da região que levam panelas e acabam deixando a praia suja, na parte inferior do texto falo mais sobre esse assunto e mostro uma foto de como fica o local. Como isso acaba com a beleza do local, muita gente prefere visitar outras praias.

Dois desses tours são o tour de catamarã e o tour que visita a ilha de Tierra Bomba. Clique nos links para ver os preços e ter mais informações.

O tour mais comum é o que vai à ilha San Martin de Pajarales, onde fica o Oceanário, e depois à Playa Blanca. Esse é o mais comum, porque é também o mais barato. Custa a partir 60.000 COP (R$72), mais a taxa portuária de 16.500 (R$20) e a entrada no Oceanário de 30.000 COP (R$36). Para ir de lancha rápida é mais caro.

O percurso depende do tipo de barco. O barco grande leva em torno de 2h30min para chegar até o Oceanário, já as lachas rápidas levam apenas uma hora. Os barcos grandes são mais espaçosos e confortáveis, porém demoram mais. Já os barcos mais rápidos balançam mais no percurso e para quem tem problemas de enjoos não é a melhor opção.

barco excursão playa blanca

Tour Marítimo a Playa Blanca – Foto: David Shankbone (CC BY 2.0)

Quanto ao horário de saída, varia entre 8:30 e 10:00 horas e ambos incluem almoço na Playa Blanca. O retorno é em torno das 15:00 horas. Esse tour deve ser reservado em Cartagena, nas agências de turismo da cidade ou no seu hotel.

Leia também: O que fazer em Cartagena, conheça as 8 principais atrações turísticas

Oceanário

Quando chega-se na ilha San Martin de Pajarales existem duas opções: entrar no Oceanário ou fazer snorkeling em uma praia do outro lado da ilha. As duas atividades custam 30.000 COP (R$36) e não estão incluídas no preço do tour. É necessário escolher uma ou outra, pois ambas acontecem ao mesmo tempo.

O Oceanário é uma espécie de aquário a céu aberto, onde existem vários tipos de animais: peixes, tartarugas, golfinhos e tubarões. Em cada tanque eles explicam um pouco sobre os animais. Na parte dos golfinhos tem uma apresentação. Pagando uma taxa extra você pode entrar na água para tirar uma foto com o golfinho. Porém, é só para tirar a foto mesmo, porque dura menos de 5 minutos.

Apresentação de golfinhos – Foto: Oceanário de Cartagena

Eu não cheguei a ir no Oceanário, mas vi vários relatos, onde há quem goste e quem considere que não tem graça nenhuma. Então, se você não fizer muita questão de conhecer o local, é melhor pegar um tour que vá apenas à Playa Blanca, pois na parada no Oceanário gasta-se bastante tempo e acaba que fica pouco tempo em Playa Blanca, cerca de 2 horas.

Para saber mais informações do Oceanário acesse o site da atração.

Playa Blanca

Playa Blanca é a praia continental mais bonita da região de Cartagena. Localiza-se em um local chamado de Ilha Barú, entretanto, não é exatamente uma ilha, apenas uma enseada. Playa Blanca possui água cristalina; mesmo não sendo uma praia típica do Caribe com vários tons de azul, o local é bem bonito. Playa Blanca é, inclusive, mais bonita do que muitas praias nas ilhas do Rosário. Entretanto, o que aprendi quando fui a San Blas, o local mais bonito do Caribe, é que quanto mais se afasta da costa, mais tons de azul possui o mar, por isso algumas pessoas pagam caro para ir a Ilhas do Rosário.

Playa Blanca

O que fazer

Além de curtir aquela praia bonita com água cristalina, existem algumas outras atividades para fazer. É possível fazer snorkeling, além de banana boat e jet ski para alugar.

Quando ir

Essa é uma questão fundamental na hora de decidir seu passeio à Playa Blanca. Evite ir aos finais de semana e feriados, pois o local fica insuportavelmente lotado. Fui no dia de um feriado e a praia estava entupida de gente, sendo a grande maioria colombianos da região. Como a extensão de areia não é grande nessa praia, ficava bem lotada, ainda por cima muitas famílias levavam grandes panelas com comida.

Era uma cena que chegava a ser até engraçada e acabava tirando o encanto de um local tão bonito quanto esse. Eu só fui ver a beleza da praia no final do dia, quando a praia ficou mais vazia. Como dormi lá, no dia seguinte, pela manhã, até umas 9:00 horas ainda estava meio vazio e bonito o local, depois disso voltou a encher.

Playa Blanca

Playa Blanca em um dia de feriado

Então, se você for ficar mais dias em Cartagena, programe sua visita em um dia de semana e confirme se a data escolhida não é nenhum feriado local. Se você tiver disponível apenas um dia de final de semana, talvez vale a pena pagar um pouco mais e fazer um tour a uma ilha do Rosário.

LEIA TAMBÉM:

-Cartagena, onde se hospedar no Centro Histórico?

-Cartagena, a cidade superestimada da Colômbia

-San Andrés a incrível ilha do caribe colombiano

Foto de capa: Carlos Andrés Restrepo (CC BY-NC 2.0)

Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.