Como chegar à Capadócia: avião, ônibus e carro Capadócia

Muita gente não sabe, mas a Capadócia não é uma cidade, mas uma região da Turquia. Por isso, existe mais de uma maneira de chegar até lá.

A Capadócia está localizada na Anatólia Central, no centro da Turquia, e distante 750 km de Istambul. Apesar da região ser extensa, as principais cidades turísticas (Goreme, Urgup e Uçhisar) ficam próximas, a menos de 15 km de distância umas das outras. Para chegar até lá existem três opções: avião, ônibus e carro. Conheça agora as nossas dicas de como chegar à Capadócia.

Leia também: A Turquia é barata? Quanto custa uma viagem à Istambul?

Avião

A maioria das pessoas opta por chegar à Capadócia de avião. Como voos dentro do país possuem bons preços, essa costuma ser a melhor opção de trajeto.

Existem dois aeroportos que atendem a Capadócia: Nevsehir e Kayseri. O aeroporto mais próximo da Capadócia é o da pequena cidade de Nevsehir. O Aeroporto de Nevşehir Kapadokya está a apenas 38 km de Goreme, principal cidade turística da Capadócia. Entretanto, esse aeroporto é pequeno e possui pouca oferta de voos, apenas alguns poucos por dia. No geral, voos para esse aeroporto são mais caros. Se encontrar um voo com bom preço em um horário que seja interessante para você, vale a pena comprar um voo para Nevsehir. Caso contrário opte pelo outro aeroporto.

Foto: divulgação Turkish Airlines

Kayseri é uma cidade muito maior do que Nevsehir, com um milhão de habitantes. Apesar de pequeno, o Aeroporto de Kayseri Erkilet possui muito mais opções de voos. Existem vários horários por dia de diferentes companhias aéreas. Entretanto, a maioria dos voos partem de Istambul. A desvantagem de Kayseri é a distância, pois o aeroporto está a 76 km de Goreme.

Uma dica muito importante é reservar o transfer do aeroporto até a cidade onde você se hospedará com antecedência. Eu desembarquei em Kayseri e não vi esse serviço ser ofertado no próprio aeroporto. Todos os turistas estrangeiros que chegaram já foram direto para o transfer.

Ônibus

O ônibus só é uma boa opção se você está vindo de um local onde não há aeroporto próximo. De Istambul, por exemplo, você gastará cerca de 12 horas de ônibus, 750 km até a Capadócia. Como existem voos baratos nesse trecho, não vale a pena ir de ônibus.

Foto: Robert Thomson (CC BY-NC 2.0)

Porém, para os destinos que não possuem aeroportos próximos o ônibus é uma boa opção. Se você vem ou vai para Pamukkale, um destino turístico bem tradicional na Turquia, terá que usar a rota terrestre. Pamukkale não está próxima da Capadócia, fica a 600 km de distância. Entretanto, o aeroporto mais próximo de Pamukkale é o de Izmir que está a 220 km de distância. Eu viajei de ônibus nesse trajeto (Goreme – Pamukkale), em um ônibus noturno; a viagem é longa e cansativa, mas foi tranquila.

Leia também: 10 dicas essenciais sobre a Turquia

Carro

Viajar de carro pode ser uma boa alternativa para quem pretende ir em direção ao leste da Turquia: Pamukkale, Ephesus e as praias da Costa Turquesa. Como os aeroportos são distantes de muitas cidades, o carro pode auxiliar nos trajetos e dar a possibilidade de você parar em alguns locais que não poderia se estivesse de ônibus. Especialmente quando chegar ao litoral existem muitas praias e cidades interessantes. Além disso, o carro pode agilizar e fazer o seu tempo render mais.

Foto: Jurgen (CC BY 2.0)

A capital da Turquia, Ancara, localizada a noroeste da Capadócia, também é um destino em que pode valer a pena ir de carro. A cidade, que não costuma entrar no roteiro de muitos turistas, fica a 280 km da Capadócia.

Se for alugar um carro, indicamos a RentCars onde você pode fazer a cotação e encontrar a menor tarifa entre as principais locadoras de veículos. Além disso, você ainda paga em Reais, sem incidência de IOF.

LEIA TAMBÉM:

-Gastronomia turca: o que comer na Turquia

-Principais pontos turísticos da Turquia

-Litoral da Turquia, a famosa Costa Turquesa e suas bonitas praias

-Guia completo da Capadócia: quando ir, o que fazer, onde ficar


Felipe Zig

Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.