Início Egito Cairo Diferenças entre as Pirâmides de Gizé e o Vale dos Reis de...

Diferenças entre as Pirâmides de Gizé e o Vale dos Reis de Luxor

Entre as principais atrações turísticas do Egito estão as Pirâmides de Gizé e o Vale dos Reis em Luxor. Essas são duas atrações imperdíveis do Egito e apesar de serem fisicamente diferentes, foram construídas para a mesma função: servir de túmulo para os faraós.

Leia também: Luxor, o coração do Egito Antigo

Túmulos

No Egito Antigo, os faraós desde que assumiam o trono já pensavam na sua morte e começavam a construir um túmulo. Os que reinavam por mais anos tinham tempo de construir túmulos melhores e maiores. Dentro dos túmulos eles colocavam seu sarcófago, em que estaria sua múmia. Não apenas as múmias dos faraós iam para seu túmulo, mas de toda a sua família. Além disso, também eram colocados todos os objetos pessoais como cama, trono e estátuas. Por isso, apesar das Pirâmides e das tumbas subterrâneas do Vale dos Reis serem muito diferentes, possuíam a mesma finalidade.

Leia também: Pirâmides de Gizé, a parte mais turística do Egito

Vale dos Reis

Muito menos conhecido do que as Pirâmides, o Vale dos Reis é formado por dezenas de tumbas subterrâneas. Essas tumbas foram feitas através de escavação na própria rocha. Algumas são curtas e outras mais compridas. Mas, elas ficam muito próximas, uma ao lado da outra. Para saber mais leia: Vale dos Reis, as incríveis tumbas dos faraós em Luxor.

turistas no vale dos reis de luxor
Vale dos Reis – Foto: Chris Brown (CC BY 2.0)

Localização

A primeira diferença entre os dois é a localização. Enquanto as Pirâmides ficam na cidade de Gizé, ao lado do Cairo, no norte do país; o Vale dos Reis fica em Luxor, no sul do país. O principal motivo para essa distância foi a mudança da capital. Na época das Pirâmides a capital do império era Memphis, que fica no norte do país, próximo à Gizé. Depois a capital mudou-se para Tebas, atual Luxor.

Leia também: O que fazer em Luxor, veja as atrações turísticas

Época

As épocas de construção dos dois locais também são diferentes. As Pirâmides começaram a ser construídas em 2500 a.C., durante o período do Império Antigo, já o Vale dos Reis começou a ser construído em 1500 a.C. e foi até o ano 1000 a.C., período do Império Novo.

Formatos

As Pirâmides foram construídas durante o Império Antigo, época em que o principal deus do Egito era o Deus Rá, representado pelo sol. Por isso, os túmulos eram feitos em forma piramidal, apontando para o céu. Já no Império Novo, época auge do império egípcio, em que governaram o país os famosos faraós Ramsés e Tutancâmon, já havia mudado a cultura de como eram feitos os túmulos. Nessa época, o principal deus era outro, Amon, o deus oculto, por isso os túmulos eram feitos embaixo da terra. Entretanto, para agradar também ao Deus Rá, eles escolheram um local em que a montanha que fica acima do vale possui um formato piramidal.

Pirâmide de Queóps Gizé Egito
Pirâmide de Queóps em Gizé

vale dos reis em luxor
Pico do al-Qurn no Vale dos Reis – Foto: zolakoma (CC BY 2.0)

Preços

Por incrível que pareça visitar o Vale dos Reis é mais caro do que as Pirâmides. Isso apenas a entrada comum, porque se você quiser entrar em mais algumas tumbas do Vale dos Reis, a visita sairá muito mais cara. A entrada para as Pirâmides custa $80 EGP, Libras Egípcias, (R$15), já a entrada do Vale dos Reis custa $100 EGP (R$18). Nas Pirâmides a única coisa que se visita a mais e pode pagar é caso você queira entrar dentro da Pirâmide de Miquerinos, a menor das três; apesar de não lembrar do valor não me pareceu caro, no máximo o mesmo valor da entrada ($80 EGP).

Já no Vale dos Reis a entrada dá direito a visita de 3 tumbas. Caso você queira visitar mais de três precisará comprar mais um ingresso. Além disso, existem três tumbas que precisam pagar a parte para entrar; a mais cara, a de Seth I custa inacreditáveis $1000 EGP (R$183).

Beleza

Beleza é sempre muito relativa. Porém, podemos dizer que as Pirâmides são mais imponentes e no Vale dos Reis há mais beleza para ser apreciada. Isso porque dentro das tumbas no Vale existem vários desenhos nas paredes, alguns com as cores ainda em bom estado.

Fotografia

No Vale dos Reis não se pode fotografar nada, nem mesmo na parte externa que não possui nada de interessante. Já nas Pirâmides pode se fotografar, apenas dentro da Pirâmide de Miquerinos que não. Parasaber mais sobre fotografia nas pirâmides leia o texto Pirâmides de Gizé: descubra os melhores locais para fotografar.

OUTRAS MATÉRIAS SOBRE O EGITO:

-Passeio de Camelo nas Pirâmides do Egito, cuidado com os golpes

-O que fazer no Cairo, veja as 8 principais atrações turísticas

-Abu Simbel, a joia do Egito Antigo

-Luxor, a cidade dos vendedores e taxistas mais chatos do mundo

-Aswan, a cidade núbia do sul do Egito

Foto de capa: Anna Hesser (CC BY-NC-ND 2.0)
Felipe Zig
Felipe Zighttps://www.abraceomundo.com/
Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.