Início Colômbia Bogotá Conheça Bogotá, a cidade que é o coração da Colômbia

Conheça Bogotá, a cidade que é o coração da Colômbia

Bogotá, Colômbia é um destino interessante. A cidade não é apenas a capital da Colômbia, é o centro financeiro, cultural e gastronômico do país.

Entretanto, se engana quem pensa que a cidade é destino apenas de turismo de negócios. Bogotá é uma cidade histórica com vários museus, um belo mirante, uma Catedral de Sal e um centro histórico muito interessante. Por isso, tem atraído cada vez mais turistas estrangeiros.

Leia também: Onde ficar em Bogotá, conheça os 4 melhores bairros

Bogotá, turismo na capital da Colômbia

Bogotá é a cidade mais turística da Colômbia. Apesar da capital da Colômbia não possuir a fama da histórica Cartagena das Índias, nem as belas praias da ilha caribenha de San Andrés, é Bogotá que recebe mais turistas estrangeiros.

Segundo dados do Centro de Informação Turística da Colômbia, Bogotá recebeu 1,2 milhão de turistas em 2019. Isso representa 43% de todos os turistas estrangeiros que visitaram a Colômbia.

Bogotá é uma mistura de antigo e moderno. A cidade fundada no século XVI possui um centro histórico com várias construções antigas ao mesmo tempo que possui bairros novos e modernos.

la candelaria bogota
La Candelaria é o centro histórico de Bogotá, a cidade foi fundada no século 16

aeroporto de bogota
Bogotá também possui bairros novos e modernos

A cidade é o centro cultural do país. Bogotá possui dezenas de museus, são mais de 60 e vários centros culturais. A cidade cosmopolita também atrai vários artistas e músicos, não só da Colômbia, como também de países vizinhos.

Bogotá é também o centro gastronômico da Colômbia, com muitas opções de restaurantes. Há desde restaurantes sofisticados que concentram-se nas zonas G e T, como os autênticos restaurantes da La Candelária (centro histórico) e do polo gastronômico de Usaquén.

Como chegar em Bogotá Colômbia

Bogotá é bem servido de voos internacionais. Por ser uma grande cidade, destino de turismo de negócios e de turismo de lazer, há vários voos da América Latina até a capital da colombiana.

A principal companhia aérea que voa para a Colômbia é a Avianca. Essa empresa aérea com sede na Colômbia possui filiais em outros países da América Latina. Mesmo com a falência da Avianca Brasil, a Avianca Internacional manteve suas empresas em outros países e continua operando, inclusive voos para o Brasil.

Além da Avianca, há outras duas companhias aéreas que voam do Brasil para a Colômbia: Latam e Copa, sendo que essa última faz escala na Cidade do Panamá.

colombia bogota
Bogotá é o centro cultural da Colômbia – Foto: Pedro Szekely (CC BY-SA 2.0)

Aeroporto de Bogotá, hub da Avianca

Um fato que ajuda a aumentar o turismo da capital da Colômbia é que a maior companhia aérea da região é a Avianca e seu hub é em Bogotá. Por isso, caso você pretenda visitar algum destino colombiano ou de países próximos, você precisará fazer escala no Aeroporto de Bogotá.

Muitos turistas aproveitam a escala para fazer um stopover e ficar alguns dias na cidade. Com isso vários turistas acabam conhecendo Bogotá, por acaso e se encantando com a cidade.

Deslocamento dentro da Colômbia

Os turistas estrangeiros chegam de avião, mas caso já esteja dentro da Colômbia, é possível utilizar outros meios de transporte que contamos no post Como viajar dentro da Colômbia: ônibus, avião ou carro? 

Recomendamos viajar de avião dentro da Colômbia, pois é possível achar passagens com bons preços, seguindo algumas dicas simples que conto no post Viajar de avião na Colômbia, todas as dicas que você precisa.

turismo bogota
Igreja do Carmo, uma das atrações de Bogotá Colômbia – Foto: Marcelo Druck (CC BY-NC-ND 2.0)

O que fazer em Bogotá

Bogotá é uma cidade com muitas atrações turísticas. Por ser a capital da Colômbia, possui alguns museus de referências no país. Mas não só de museus vive a cidade, também há outras atrações que impressionam os turistas como uma Catedral de Sal e um mirante com incrível vista da cidade.

Não podemos deixar de falar dos cafés, da gastronomia e dos bares da cidade. Veja então nossa lista de o que fazer em Bogotá.

Bogotá é um centro financeiro com bastante turismo de negócios, mas que soube se adaptar para receber também o turismo de lazer. Por isso, você encontrará museus bem montados e pontos turísticos bem estruturados na cidade. Mas, é claro com muitas pendências que podem ser melhoradas.

La Candelaria

o q fazer em bogotá
La Candelaria é o centro histórico de Bogotá – Foto: Michael Barón – Unsplash

Quando se fala em turismo em Bogotá, o primeiro lugar que vem a cabeça das pessoas é La Candelaria. Esse é o bairro central da cidade, conhecido também como o centro histórico de Bogotá. A cidade foi fundada onde é hoje o bairro La Candelaria. Por isso, os prédios mais antigos de Bogotá se encontram nessa região. Há construções desde a época colonial.

Em La Candelaria não estão apenas os prédios mais antigos, como também os mais importantes para a República Colombiana. Nesta região ficam as sedes do poder executivo, legislativo e judiciário da Colômbia.

A maioria dos principais museus também se concentram nesse bairro, por isso ele se tornou o mais turístico da cidade. E também uma região com muitas opções de hotéis. Desde o sofisticado Hotel De La Opera, o intermediário e bem avaliado Hotel Casa de la Vega até a Calle 12f, conhecida como rua dos hostels. Para conhecer mais opções de hotéis no centro histórico e os outros 3 bairros que são indicados se hospedar, leia o texto onde ficar em Bogotá.

O único problema do centro histórico, é que de dia há grande tráfego de pessoas, mas à noite, a região fica vazia. Por isso, algumas partes de La Candelaria ficam perigosos depois do anoitecer. Tome cuidado por onde circular a noite.

Falando em perigos e precauções, é sempre bom contratar um seguro viagem para lhe ajudar em qualquer eventualidade que possa acontecer na sua viagem. Nós sempre contratamos!

O melhor lugar para contratar é na Seguros Promo, empresa que trabalha apenas com grandes seguradoras, possui uma incrível ferramenta de comparação de seguros e ótimos preços. Utilize o cupom ABRACEOMUNDO5 e ganha 5% de desconto. Ganhe mais 5% de desconto pagando com boleto. Faça sua cotação.

Praça Bolívar

A Plaza Bolívar é o local mais simbólico de La Candelaria. Essa não é só principal praça do centro histórico de Bogotá, mas de toda a cidade.

A praça é muito grande e bonita, um lugar clássico para tirar fotos! Ao redor da praça localizam-se importantes edifícios: Palácio da Justiça, sede da Suprema Corte; Capitólio Nacional, sede do Congresso Nacional; Palácio Liévano, sede da prefeitura; e a Catedral de Bogotá, principal igreja da cidade, mas não a mais bonita.

A Plaza Simón Bolívar já foi espaço para touradas e palco de vários acontecimentos políticos do país. Hoje o local recebe eventos culturais e sociais. Um dos principais eventos é o show de luzes que acontece na época do Natal.

A Praça Bolívar possui muita história e um dos jeitos mais interessantes de conhecer a praça e o centro histórico de Bogotá é através de uma excursão de bicicleta.

praça bolivar la candelaria bogota
Praça Bolívar, a mais importante de toda cidade

Casa de Nariño

A Casa de Nariño, também conhecido como Palácio de Nariño, é o palácio presidencial da Colômbia. Construído em estilo neoclássico em 1908, ele foi reformado e recebeu anexos em 1979.

O nome do palácio é uma homenagem a Antonio Nariño (1765-1823), herói da independência. A residência oficial do presidente pode ser visitada, no site oficial há horários e mais informações sobre a visita.

Museus de Bogotá

Por ser a capital da Colômbia, Bogotá possui vários museus. A cidade recebeu muitos investimentos públicos e privados para criar alguns dos museus mais importantes da Colômbia.

Bogotá possui 67 museus, 36 privados, 30 públicos e um misto, segundo o jornal El Tiempo. Entretanto, nem todos os museus valem a visita. A maioria são museus pequenos, sem uma montagem ou acervo, realmente, interessantes.

Por isso, na lista de o que fazer em Bogotá selecionamos apenas os principais museus da cidade. Mas, você sabe que existem vários outros além da nossa lista.

Museu do Ouro

O Museo del Oro é o principal museu de Bogotá e um dos principais do gênero no mundo. O museu mostra trabalhos pré-colombianos de povos que utilizavam o ouro para fazer utensílios domésticos, ornamentações e acessórios para os líderes das tribos.

Apesar do museu ser muito bem montado, possui uma abordagem mais antropológica dos povos pré-históricos do que a história desse metal nobre na humanidade, o que frustra muitos visitantes.

Entretanto, não deixa de ser um museu muito bem montado e interessante, por isso o Museu do Ouro Bogotá é visitado pela maioria dos turistas e abre nossa lista de o que fazer em Bogotá.

atrações turisticas de bogota
Máscara de ouro do Museo del Oro Bogotá – Foto: Marcelo Druck (CC BY-NC-ND 2.0)

Museu Botero

O Museo Botero é um museu dedicado ao artista colombiano mais famoso da história, Fernando Botero. O artista ganhou fama ao pintar pessoas e objetos volumosos. Você já deve ter visto alguma obra dele, as famosas mulheres e homens gordinhos.

Mesmo quem não é muito interessado em arte gosta do museu, pois as obras de Botero são interessantes e além de quadros, também há esculturas.

O Museu Botero é interligado a outros dois museus, Casa da Moeda e Museu de Arte do Banco da República. Todos possuem entrada gratuita.

melhores museus de bogota
Museu Botero, museu dedicado ao famoso artista colombiano é destaque da lista de o que fazer em Bogota

bogota pontos turisticos

Casa da Moeda

A antiga Casa de la Moneda de Bogotá já foi uma das mais importantes do continente. Este local foi o primeiro a cunhar moedas de ouro nas Américas, em 1622.

Hoje, o prédio de dois andares se transformou em Museu Numismático, com uma ampla coleção de notas e moedas colombianas, de várias épocas e materiais. O museu ainda possui uma coleção de máquinas, que eram utilizadas para a fabricação de moedas desde a época da colônia. A entrada é gratuita.

o que fazer em bogotá
Pátio interno da Casa da Moeda, um Museu Numismático de Bogotá – Foto: Pablo Andrés Rivero (CC BY-NC-ND 2.0)

Museu de Arte do Banco da República

O museu foi criado em 1957, para ser o Museu de Arte Moderna de Bogotá e possui um bom acervo de obras, principalmente de artistas colombianos. Conta com duas grandes salas que possuem exposições permanentes e temporais.

Assim como o Museu do Ouro, o Museu Botero e a Casa da Moeda, o Museu de Arte também é mantido pelo Banco da República. A entrada é gratuita.

museu de arte em bogotá colombia
Museu de Arte do Banco da República

Museu Nacional da Colômbia

O Museu Nacional da Colômbia é um museu multi-temático com acervo de quatro áreas: arte, história, arqueologia e etnografia.

Fundado em 1823, esse é o museu mais antigo da Colômbia e um dos mais antigos das Américas. Apesar do museu ser grande e possuir algumas exposições bem montadas, ele não chega a ser uma atração imprescindível. Entretanto, se tiver tempo vale a pena incluí-lo na sua lista de o que fazer em Bogotá!

museus de bogotá
Museu Nacional, o maior museu de Bogotá – Foto: Reg Natarajan (CC BY 2.0)

Cerro Monserrate

O Cerro ou Colina de Monserrate é o ponto mais alto de Bogotá, possuindo 3150 metros de altitude. A Colina possui uma vista incrível da capital colombiana, de tirar o fôlego dos visitantes. Por isso, o Cerro de Monserrate é considerado o melhor mirante de Bogotá.

Outro destaque do Cerro é a sua subida de 500 m, feita através de teleférico (foto de capa) ou de funicular, um trenzinho escalonado.

O local também é um ponto de peregrinação, devido ao Santuário do Senhor Caído de Monserrate, que fica no alto da colina.

O Cerro de Monserrate é considerado por algumas pessoas como a melhor atração turística da cidade, por isso não pode ficar de fora da sua lista de o que fazer em Bogotá.

cerro de monserrate bogota
Vista do alto do Cerro Monserrate, o melhor mirante de Bogotá

Catedral do Sal

Agora vamos falar da atração mais inusitada da nossa lista de o que fazer em Bogotá. A Catedral de Sal é uma catedral construída no interior de uma mina de sal. A catedral fica  na cidade de Zipaquirá, na região metropolitana a 55 km do centro de Bogotá.

A catedral faz parte do Parque de Sal, localizado a 180 metros abaixo da superfície, que conta com capela, estações da Via Crúcis, museu, além de lojas e lanchonetes, que ficam em locais onde antes eram as galerias de extração de sal.

A Catedral de Sal foi considerada a Maravilha número 1 da Colômbia e é um local bastante visitado. Essa é uma atração diferente das demais e por isso recomendamos a visita. Para conhecer mais sobre essa inusitada atração leia o texto que contamos mais detalhes e dicas da Catedral de Sal.

o que fazer em bogotá colombia
Catedral de Sal, uma atração que não pode faltar na lista de o que fazer em Bogotá

Gastronomia e bares de Bogotá

A Colômbia possui várias comidas típicas e o lugar onde você encontrará mais variedades de pratos é a capital Bogotá. Por isso, a cidade é um bom lugar para quem gosta de gastronomia.

Bogotá também conta com regiões boêmias, com bares interessantes e baladas.

Uma curiosa da cidade são as regiões chamadas de zonas. Algumas regiões polos de gastronomia e de bares em Bogotá possuem essa classificação. Cada uma delas é nomeadas por uma letra, há Zona G, Zona U, Zona T e Zona Rosa. Todas na região norte da cidade.

Zona G, zona gourmet de Bogotá

Bogotá possui restaurantes sofisticados de reconhecimento internacional. A região chamada de Zona G é a que concentra os restaurantes de alta gastronomia da cidade.

A zona gourmet fica dentro do bairro Chapinero e é também um dos melhores locais para se hospedar, veja nosso guia de hospedagem em Bogotá. No local além de gastronomia colombiana, você também encontrará gastronomia internacional.

A Zona G fica no norte de Bogotá, a 8 km de La Candelaria.

o que fazer em bogota
Zona G é o principal polo gastronômico de Bogotá – Foto: El Cielo Restaurant

Zona U, restaurantes autênticos e bares

Uma região que ganhou fama nos últimos anos e possui restaurantes com melhores preços é a Zona U, no bairro de Usaquén. Esse é um bom local para provar a culinária colombiana, com restaurantes bem autênticos e também conta com vários bares. A Zona U fica a 7 km ao norte da Zona G, e a 15 km de la Candelaria.

Zona Rosa e Zona T, região dos bares e baladas

A zona mais conhecida de Bogotá é a Zona Rosa. A região possui muitas lojas, restaurantes e bares. Essa é o local preferido dos turistas estrangeiros para se hospedar em Bogotá.

Dentro da Zona Rosa fica a Zona T, principal região boêmia de Bogotá. A Zona T é um calçadão em formato de “T” de trânsito exclusivo de pedestres. No local há diversos bares e boates.

Essa região tem fama de ter os bares mais animados e as melhores boates da cidade, por isso quem quer curtir a noite a as baladas de Bogotá, a dica é a Zona T.

A Zona T fica a 10 km de La Candelaria e a 2 km ao norte da Zona G.

zona t bares balada bogota
Zona T é o lugar dos bares e baladas de Bogotá – – Foto:Zvi Leve (CC BY-SA 2.0)

Degustar o café colombiano

A Colômbia é conhecida mundialmente por seu café de altíssima qualidade! Por isso, para quem aprecia um bom café, não deixe de experimentar alguns cafezinhos nas cafeterias da cidade.

Bogotá possui várias e boas cafeterias. A rede de cafeterias mais famosa da Colômbia é o Juan Valdez, você encontra várias delas por Bogotá. Uma outra cafeteria famosa, mas que possui poucas lojas em Bogotá é a Azahar.

Para quem é amante de café e tem vontade de conhecer mais profundamente os cafés colombianos, a dica é fazer o tour sobre café.

cafes colombia bogota
Bogotá possui boas cafeterias, aproveite para experimentar – Foto: divulgação Azahar Coffee

Como você pode perceber, a capital da Colômbia possui vários pontos turísticos. Agora que você já sabe o que fazer em Bogotá, veja onde ficar e melhores opções de hotéis em Bogotá.

bogota colombia
Cerro Monserrate é onde se tem a melhor vista de Bogotá

Como se deslocar em Bogotá

Bogotá, Colômbia é uma grande metrópole, com uma população de quase sete milhões de habitantes. A cidade é extensa e possui problemas de mobilidade urbana como toda grande cidade da América Latina. Principalmente nos horários de pico, o trânsito fica caótico, engarrafado e lento.

Bogotá não possui metrô; a única cidade colombiana que possui metrô é Medellín. Contudo, a ausência do metrô na capital colombiana é suavizada pelo eficiente sistema de BRT, que possui pistas exclusivas, deixando os deslocamentos muito mais rápidos. Veja abaixo os tipos de transportes que você encontrará em Bogotá e já vou logo avisando para tomar muito cuidado com os táxis.

como se deslocar bogota
Trânsito público Bogotá – Foto: Claudio Olivares Medina (CC BY-NC-ND 2.0) Colombia Bogota

TransMilenio – BRT

Bus Rapid Transit ou BRT é o sistema de transporte de ônibus articulados que possuem embarque e desembarque no mesmo nível, ou seja, não precisa subir ou descer escada como nos ônibus comuns de rua, o que torna as paradas muito mais rápidas.

O BRT de Bogotá chama-se TransMilenio e é um sistema muito organizado e eficiente, percorre boa parte da cidade e muitos dos pontos turísticos. O sistema possui 84 km de vias e existem 114 estações de embarque e desembarque.

É possível, por exemplo, ir da Candelaria (Centro Histórico) ao aeroporto de TransMilenio e você levará apenas um pouco mais de tempo que em um táxi; isso em horário comum, porque no horário de pico ele pode ser mais rápido que o táxi.

transmilenio bogota
Transmilenio é a forma mais eficiente de transporte público em Bogotá – Foto: mariordo59/Flickr (CC BY-SA 2.0)

O problema do TransMilenio é justamente no horário de pico, quando os ônibus ficam muito cheios e fica difícil até mesmo de embarcar. Algumas vezes é preciso esperar dois ou três ônibus passarem para você conseguir embarcar.

Busetas

Esses são os ônibus comuns. Apesar do nome soar estranho, busetas significa pequenos buses. As busetas são os micro-ônibus e vans da cidade.

O nome oficial desse transporte é Sistema Integrado de Transporte Público de Bogotá. Eles são conectados ao TransMilenio e chegam aos locais em que o TransMilenio não vai.

Entretanto, esse é o pior jeito de se locomover, pois eles não utilizam as faixas exclusivas do TransMilenio, por isso pegam o trânsito caótico nos horários de pico e não são muito organizados.

transporte publico bogota
Buseta são os micro-ônibus e vans de Bogotá Colombia – Foto: EMBARQ Brasil (CC BY-NC 2.0)

Táxi em Bogotá

Os táxis em Bogotá são amarelos e funcionam com taxímetro. Possuem bons preços, são mais baratos que nas grandes cidades brasileiras. Porém, é preciso tomar alguns cuidados, pois há muitos relatos de golpes de taxistas contra turistas.

A primeira atenção que você deve ter é sempre olhar para o taxímetro ao entrar no táxi. Um dos golpes é deixar o taxímetro ligado e quando você entrar, ele já está ‘nas alturas’. Por isso, sempre verifique se o taxímetro está desligado ao entrar no veículo.

Nunca pague com notas de alto valor, porque, normalmente, eles não possuem troco. Ainda existe um outro tipo de golpe em que o taxista finge procurar troco e troca sua nota por uma falsa e te devolve dizendo que não tem troco. Tudo isso com uma agilidade que você nem percebe.

taxi em bogota
Táxi de Bogotá são baratos, mas não são confiáveis – Foto: Anna Garlikowska (CC BY-NC-ND 2.0)

O caso mais sério de todos, também é o menos comum. Há relatos de sequestro relâmpago, que é chamado de Paseo Millonario em Bogotá. Nesse delito os criminosos utilizam um falso táxi para conseguir vítimas e sacar o dinheiro dela em vários caixas eletrônicos. Isso é algo raríssimo de acontecer, então não precisa viajar já pensando nisso.

Uma dica simples para evitar golpes é nunca pegar um táxi na rua, sempre pedir para o hotel, o restaurante, o bar ou o museu chamarem o táxi. Peguei táxis na rua e não aconteceu nada, mas é uma precaução que muita gente gosta de tomar.

Uber em Bogotá

O Uber já está disponível em Bogotá e pode ser uma opção de transporte. Diferente do Brasil, o Uber da Colômbia não é mais barato que os táxis. Segundo os colombianos, o Uber Premier (equivalente ao UberX) tem o preço parecido com o táxi amarelo, mas os motoristas são mais honestos que os taxistas.

uber bogota colombia
Uber está presente em Bogota Colombia – Foto: Diego Sevilla Ruiz (CC BY-NC 2.0)

Carro

Para quem costuma alugar carro, essa pode ser uma opção para fazer grande deslocamentos. O centro de Bogotá possui ruas estreitas e é difícil de estacionar. Por isso, esse não é um local para se deslocar de carro.

Entretanto, caso precisa se deslocar entre os bairros da cidade, há grandes e largas avenidas em Bogotá, como a que liga o Aeroporto de Bogotá à região central.

O problema é o horário de pico, quando o trânsito fica bem pesado. Muita gente que aluga carro em Bogotá, aproveita para ir dirigindo a Zipaquirá, onde fica a Catedral de Sal, para saber mais leia nosso artigo sobre a Catedral de Sal e como chegar até a 1ª maravilha turística da Colômbia.

Se decidir alugar carro em Bogotá, indico a RentCars. Na RentCars você pode fazer cotação e encontrar a menor tarifa entre as principais locadoras de veículos. Além disso, a empresa permite pagar em reais, sem IOF e parcelar o pagamento no cartão de crédito. Para fazer uma cotação clique aqui.

bogota colombia

Bicicletas

Bogotá foi a cidade pioneira na América Latina a incentivar o uso de bicicletas. A cidade possui mais de 300 km de ciclovias. Era a maior extensão da América Latina até 2016, quando foi ultrapassada por São Paulo.

Alugueis de bicicletas não são muito comuns na cidade, mas você pode encontrar algumas lojas. Se for alugar uma bike, pergunte onde é seguro pedalar, para você não se aventurar em zonas perigosas e correr o risco de ser assaltado.

Um dos jeitos mais interessantes e divertidos de conhecer Bogotá de bicicleta é fazendo um tour de bicicleta pela cidade. O tour dura quatro horas e passa pelo centro histórico, mercado de frutas e uma pequena fábrica de café.

Seguro Viagem para ciclistas e demais turistas

Um item essencial caso pretenda pedalar é o Seguro Viagem. Acidentes com ciclistas em Bogotá são menos frequentes que no Brasil, mas podem acontecer. E os atendimentos médicos são caros na Colômbia. Por isso, recomendamos contratar seguro viagem, não apenas os ciclistas, mas para todos os turistas que viajam para a Colômbia.

O melhor lugar para pesquisar seguros é na Seguros Promo. O portal trabalha apenas com as maiores seguradoras, possui uma ótima ferramente de comparação de seguros e ainda possui ótimos preços. Para os leitores do blog Abrace o Mundo, há um desconto de 5%, basta utilizar o cupom ABRACEOMUNDO5. Pagando com boleto bancário você possui mais 5% de desconto. Faça sua cotação!

bicicleta bike bogota
Bogotá é a cidade pioneira da América Latina a implantar ciclovias- Foto: Claudio Olivares Medina (CC BY-NC-ND 2.0)

Quando visitar Bogotá

Bogotá é uma cidade fria, está a 2600 metros de altitude e sua temperatura média não passa de 18°C a maior parte do ano, mas pode ser bem menor no inverno. É um clima muito diferente de Cartagena.

Quando fui à Colômbia, em Maio, peguei 10°C em Bogotá e 33°C em Cartagena, tudo isso na mesma semana. Por isso, se deseja visitar as duas cidades, saiba que precisará levar diferentes tipos de roupas.

Já com relação às chuvas, elas se concentram de Março a Maio e de Outubro a Novembro.

Rua do cetro histórico de Bogotá Colombia – Foto: Liz/Flickr (CC BY-NC 2.0)

Dicas

  • O almoço em Bogotá vai até mais tarde, é normal os restaurantes servirem refeições das 12:00 às 15:00 horas.
  • Há um centro de informação turística na Praça Bolívar, onde você ganha um mapa e os funcionários te explicam muito bem os principais pontos turísticos e como chegar por conta própria a todos eles, inclusive à Catedral de Sal.

E aí, gostou de conhecer Bogotá Colômbia? Então agora está na hora de você saber onde se hospedar. Como a cidade possui regiões violentas, apenas 4 bairros são indicados para se hospedar. Mostramos os bairros e as opções de hotéis no texto sobre onde ficar em Bogotá.

Foto de capa: Fernando Garcia (CC BY 2.0)
Felipe Zig
Felipe Zighttps://www.abraceomundo.com/
Felipe Zig é jornalista, fotógrafo e apaixonado por viajar. Depois de conhecer mais de 20 países, decidiu criar o blog “Abrace o Mundo” para dar dicas de viagens e incentivar outras pessoas a viajar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui